Arquivo da categoria: Melhores Práticas

Software na gestão de pessoas: veja como pode otimizar o seu tempo e facilitar decisões

Entenda como um software de gestão de pessoas pode ajudar sua empresa na tomada de decisões e na captação de novos talentos. Tempo é um recurso cada vez mais escasso atualmente. O excesso de burocracia nos departamentos de RH pode agravar o problema, muitas vezes obrigando a empresa a sobrecarregar os funcionários para que consigam … Continue lendo Software na gestão de pessoas: veja como pode otimizar o seu tempo e facilitar decisões

Tecnologias: qual a grande mudança que elas proporcionam nas empresas?

Com a grande variedade de tecnologias disponíveis hoje em dia, é difícil não ser atingido por esse fenômeno, e isso acontece até mesmo nas empresas. Não se trata apenas de melhorar as experiências, mas também trazer eficiência operacional. Quem não acompanha essas mudanças acaba sofrendo as consequências e sendo engolido pelos concorrentes. Desta forma, os … Continue lendo Tecnologias: qual a grande mudança que elas proporcionam nas empresas?

5 Passos para aumentar o engajamento dos vendedores

Engajar equipes é essencial nos negócios, principalmente no varejo. Este setor é um dos que mais movimenta a economia, e precisa dos vendedores para que os produtos sejam vendidos. São eles a primeira apresentação da marca e por isso, merecem uma atenção especial dos gestores, principalmente quando se trata de motivação e engajamento.

Vendedores engajados, convertem mais vendas para o negócio. O estudo “Global Human Capital Trends 2016: The new organization, Different by design”, indicou que 86% dos empresários brasileiros acreditam que o engajamento é importante ou muito importante para o funcionamento da empresa.

O crescimento da empresa só acontece quando a equipe está motivada e determinada a fazer aquela empresa se desenvolver, por isso, no varejo os vendedores são as pernas do negócio, sem eles algumas empresas até conseguem caminhar, mas poucas irão longe. Um funcionário engajado é capaz de produzir 50% mais do que outros, segundo a pesquisa da consultoria Right Management que, consultou 30 mil pessoas de 15 países, sendo 100 delas brasileiras.

Mas como fazer com que a equipe esteja sempre engajada? Basta um bom salário? Na verdade, não. Muitos colaboradores querem fazer parte de uma empresa que além de oferecer um bom salário, oferece plano de carreira, seja flexível, tenha bons benefícios, invista em treinamento, tenha um ambiente amigável e uma equipe gentil entre outras coisas.

E para te guiar e mostrar como fazer algumas mudanças para engajar mais seus colaboradores, separamos algumas dicas que aumentarão a motivação de toda a equipe!

1. Use dados e métricas

Poucos líderes ainda fazem dos dados seus aliados, ou aliados dos seus vendedores. Ser transparente e apresentar os resultados de cada vendedor em tempo real pode ser o caminho para a motivação. A equipe quando fica “cega” e sem saber como está o seu desempenho, não busca se esforçar, isso normalmente acontece apenas quando o líder mostra os números.

Imagine como seria motivador para o vendedor saber se está prestes a atingir sua meta, ou se melhorou as vendas de algum produto que antes era muito difícil para ele. Isso faz com que os próprios vendedores se motivem, queiram vencer seus desafios e melhorar o processo, que no fim do mês será vantajoso para a empresa e para ele também.

Além disso, o gestor pode usar os dados para montar novas estratégias, novas equipes, e otimizar todo o processo de vendas. Os dados não mentem, não se trata de achismo e sim de resultados reais que se bem utilizados serão a chave para o sucesso. Veja aqui alguns dos dados usados para avaliar o desempenho dos vendedores.

SAIBA COMO MELHORAR O DESEMPENHO
DA EQUIPE E AUMENTAR AS SUAS VENDAS!

ebook_Vencendo o desafio da gestão de pessoas no varejo

cta_azul_claro

2. Capacite seus vendedores e crie oportunidades reais

Investir em capacitação não é benéfico penas para o varejista, mas para os colaboradores também. Para muitos colaboradores, ver que a empresa está investindo neles é um sinal de confiança, de que ele está desenvolvendo um bom trabalho e que que ele chegue mais longe ainda. É como se a empresa estivesse falando “eu aposto em você, eu acredito em você”.

Grandes empresas já sabem que investir o treinamento atraia talentos e diminui o turnover, e agora o setor varejista está começando a entender essa lógica da gestão de pessoas que antes só era aplicada em outros setores.

Um exemplo de que há ainda um trabalho a ser feito treinamento, é uma pesquisa realizada com 200 compradores que disseram que o maior pecado do vendedor não era o fato dele não dar desconto, não ser simpático e não vender, mas o maior problema elencado pelos executivos é que uma boa parte dos vendedores não pensa como o cliente, não conhece o cliente ou a empresa. Muitos sequer pensam em como o produto que ele vende pode ajudar o cliente e investir em treinamento é essencial para os vendedores melhorarem.

O Ranking no Varejo 2017 apontou que entre 2014 e 2016, o percentual de rotatividade caiu de 48,6% para 31,2% entre as companhias avaliadas e no mesmo sentido, o investimento em treinamento subiu de 0,7% para 3,8% no mesmo período. Conheça algumas formas de capacitação ideais para o varejo, entre elas o mobile learning que está crescendo entre os lojistas.

3. Saiba estabelecer metas, valorizar o serviço e bonificar pelas tarefas bem feitas

Um gestor que estabelece metas irreais desmotiva toda a equipe. Imagine você trabalhar, sabendo que aquela meta nunca será alcançada? Não haverá engajamento nenhum da sua parte. Por isso, o bom líder sabe delegar as tarefas, conhece sua equipe e mantém uma boa comunicação para saber do que eles são ou não capazes. Se quiser aprender como fazer um bom plano de metas para seu varejo, clique aqui.

Além de estabelecer metas alcançáveis, é importante valorizar o serviço. Claro que todo vendedor sabe da obrigação dele no trabalho, todo mundo conhece suas tarefas e é o mínimo cumpri-las, mas por que não ser um gestor que valoriza o bom trabalho? Isso faz com que o vendedor continue trabalhando motivado. Isso muitas vezes o incentiva a ser mais criativo, tentar novas técnicas, a ousar mais, porque sabe que o chefe confia e gosta do seu trabalho.

E a valorização não se trata apenas dos elogios, as dicas, as lições, os feedbacks corretivos também são formas de valorizar o serviço, mostra que o líder sabe da capacidade do colaborador e dá valor nas coisas boas que o vendedor tem feito. Uma boa maneira de fazer isso é dar um feedback constante, veja aqui algumas dicas para fazer um bom feedback.

Apesar do salário não ser tudo, a boa remuneração também um fator extremamente importante para a motivação. Se você tem um bom vendedor, por que não o recompensar com alguma bonificação, sejam presentes, vales, ou mesmo na forma de bônus no salário quando ele passa a meta? Isso aproxima colaborador da empresa, mostra que ambos caminham com o mesmo objetivo e que juntos terão sucesso.

A tarefa do líder de engajar nunca é fácil, mas essas dicas podem ser o caminho para montar uma nova estratégia ou repensar o que você está fazendo pela sua equipe. O engajamento é sim primordial, vendedores motivados aumentam as vendas, espalham a marca e ajudam o negócio a se consolidar. A plataforma Ser Casting é uma aliada na gestão, além de ser capaz de ajudar nas tarefas de treinamento e métricas, conheça mais em www.sercasting.com