Como um sistema de avaliação de desempenho otimiza os processos de RH?

2022-09-23T16:11:16-03:0023 September, 2022|Sem categoria|

A otimização de processos em gestão de pessoas, através de um sistema de avaliação de desempenho é uma ação estratégica no RH.  Venha descobrir como.

As organizações procuram, cada vez mais, analisar e avaliar o desempenho diário dos seus colaboradores. Esta é uma ação estratégica, porque um sistema de avaliação desempenho orientado para desenvolver e proporcionar o crescimento do individuo, a longo prazo, irá proporcionar também o crescimento da empresa.

Com a atual competitividade do mercado, garantidamente que não haverá tempo e nem espaço para remediar desempenhos que são insuficientes ou abaixo da média.

Portanto, para que a organização alcance os seus objetivos dentro do prazo planeado, o desempenho dos colaboradores, além de ser fundamental terá que ter altos níveis de performance.

Assim sendo, muitas empresas implementam ferramentas tecnológicas para auxiliar na gestão de pessoas, agilizando e flexibilizando os processos e análises. É de extrema importância ampliar as análises sobre a gestão de pessoas alinhando-a com a estratégia do negócio.

Estas análises permitem potenciar o aumento do desempenho dos colaboradores e, consequentemente, os resultados da organização.

A SER possui soluções tecnológicas para ajudar a sua empresa a implantar digitalmente os processos de avaliação de desempenho digital, de gestão de competências, de feedback, de gestão de contratos e objetivos e o plano de desenvolvimento individual dos seus colaboradores. Continue a leitura e compreenda como funciona um sistema de avaliação digital e como a SER o pode auxiliar neste processo.

Sabe o que é avaliação de desempenho?

Uma das principais prioridades das organizações é medir, avaliar e monitorizar os resultados, o desempenho, as competências e fatores críticos de sucesso. Procuram, também, definir o comportamento desejado que os seus colaboradores devem adotar no desenvolvimento das suas atividades e tarefas diárias.

Dessa forma, conhecer o intervalo entre o desempenho real e o esperado de cada colaborador é essencial para identificar os problemas de integração, gestão, motivação e aproveitamento do potencial.

Por este motivo, as organizações estão cada vez mais empenhadas na implantação de sistemas de avaliação de desempenho dos seus colaboradores.

Em resumo, a avaliação de desempenho é uma ferramenta estratégica para medir a performance dos indivíduos dentro da organização. Portanto, esta avaliação é um dos recursos mais valiosos para realizar a gestão de pessoas, pois permite diagnosticar e analisar o comportamento dos colaboradores pelo tempo que for necessário.

É essencial para a empresa manter um sistema de avaliação bem elaborado, de modo a evitar avaliações unilaterais, superficiais e até injustas do colaborador.

Isto permite um nível maior de profundidade, apoiando na identificação das possíveis causas de desempenhos ineficazes e possibilitando a criação de planos de ação para melhorias, como por exemplo um Plano de Desenvolvimento Individual.

A avaliação de desempenho permite definir o grau de contribuição de cada colaborador dentro da organização e identifica aqueles que possuem qualificações acima das requeridas pelo cargo ou até abaixo.

Desta forma, as tarefas do departamento de RH de propor planos e programas de formação e desenvolvimento para os colaboradores, atribuição de subsídios, processos de remunerações e promoções ficam bastante mais facilitadas. E com isto torna a tomada de decisão mais assertiva.

CTAs- 30 anos de SER

Como funciona a implantação?

Conhecer e compreender cada etapa para a implantação de um sistema de avaliação de desempenho é de extrema importância. Por isso, de seguida, iremos indicar e especificar cada etapa.

1- Descrição de cargos

Primeiro, é necessário especificar o cargo em termos de conhecimentos, qualificações e capacidades. Ou seja, é fundamental realizar uma descrição dos cargos.

A descrição dos cargos permite identificar os requisitos cognitivos, emocionais, físicos e até ambientais para a execução de determinada função.

No entanto, para que a análise de cargos tenha uma base concreta de comparação é necessário fundamentar em fatores e competências. Portanto deverá levar em consideração os aspetos qualitativos necessários do colaborador.

2- Método de avaliação

Existem diversos métodos de avaliação que podem ser utilizados. Mas, para tornar o sistema de avaliação de desempenho de sua empresa mais eficiente é preciso analisar e avaliar qual método mais adequado para os objetivos estratégicos da sua empresa.

A definição de por onde começar o processo de avaliação de desempenho deve ser uma decisão bastante refletida, pois terá impacto direto no sucesso da prática por um longo período. Dentro dos vários tipos de avaliação é possível escolher desde da autoavaliação, a avaliação 90º, 180º e 360º.

Através da autoavaliação, o colaborador realiza a avaliação do seu próprio desempenho. No modelo de avaliação 90º somente o gestor, com o apoio do departamento do RH, faz a avaliação dos colaboradores de sua equipa. No método de avaliação 180º é introduzida uma nova variável, onde o gestor avalia os seus colaboradores, mas também é avaliado, passando pelo mesmo processo que cada colaborador. Por último, a avaliação 360º, considerada a mais ampla, engloba os pares da mesma função, clientes, gestores de outras áreas, subordinados e superiores.

O mais importante é que esta escolha tenha em consideração o perfil da empresa, número de colaboradores e a cultura organizacional. Uma escolha desajustada pode comprometer a confiança e o envolvimento dos colaboradores no processo de avaliação.

3- Definição dos formulários de avaliação

O formulário de avaliação de desempenho é uma espécie de mapa para orientar os seus colaboradores e gestores. Plataformas como a SER auxiliam com formulários totalmente customizáveis, de acordo com as necessidades e idiomas da sua organização.

Além disso, a SER possui um método de atendimento high touch, que permite o acompanhamento de todo o processo de implantação do sistema de avaliação de desempenho de sua empresa. Com isto, permite que a adesão seja feita de acordo com as necessidades da sua equipa.

4- Realização da avaliação

Defina uma data ou período para realização da avaliação.

O planeamento é muito importante, principalmente para envolver os colaboradores a participarem e analisarem os resultados obtidos. Definir esta atividade como prioritária num determinado momento da empresa é essencial para que o evento seja uma formalidade na cultura da organização, e da qual todos devem participar.

Portanto, antes de iniciar o processo de avaliação, divulgue-o! Disponibilize canais para que os colaboradores possam tirar dúvidas. É importante considerar que todo o novo processo pode gerar ansiedade e insegurança.

Portanto, a comunicação transparente é uma estratégia que possibilita o envolvimento dos colaboradores antes mesmo da implantação do sistema de avaliação de desempenho.

5- Análise de dados e feedback

Finalizado o período de avaliações, o departamento de RH realiza a análise dos resultados, com base no questionário de avaliação de desempenho utilizado.

Em seguida, os processos de feedbacks devem ser realizados individualmente, para que cada colaborador conheça e compreenda em que áreas foi avaliado e quais foram os resultados obtidos.

6- Plano de Desenvolvimento Individual (PDI)

Com o resultado da avaliação, procure observar os pontos fortes e que necessitam de melhorias de cada colaborador. Procure reforçar os aspetos positivos e incentivar a melhorar os aspetos menos positivos. A partir daqui, desenvolva um PDI para cada colaborador.

Neste sentido, ter uma ferramenta que auxilie o acompanhamento do PDI é muito importante. Softwares e plataformas oferecem dados mais minuciosos e rigorosos sobre o desempenho do colaborador e o seu progresso poderá ser estatisticamente calculado.

Além disso, o gestor e o colaborador podem fazer o acompanhamento sobre a evolução do PDI, podendo intervir e fazer ajustamentos sempre que for necessário.

Concluindo

Em suma, ter um sistema de avaliação de desempenho implantado traz diversos benefícios como permitir verificar sobre o cumprimento dos objetivos pré-estabelecidos, determinar a evolução do desenvolvimento e das competências dos colaboradores, analisar e avaliar o envolvimento e o compromisso da equipa, promover a comunicação interna, potenciar o aumento da produtividade, manter o foco nos resultados, promover o reconhecimento dos indivíduos e, principalmente,  promover o alinhamento dos objetivos pessoais com os objetivos organizacionais.

Como pode constatar são vários os pontos positivos, pelo que é imprescindível que qualquer organização priorize a implementação de sistema de avaliação de desempenho o quanto antes, para otimizar a gestão das pessoas e o desenvolvimento de talentos de alta performance.

O sistema de avaliação de desempenho alavanca o aumento da performance e do desenvolvimento do colaborador no cargo que desempenha e permite que alcance cargos de níveis mais altos, através da progressão de carreira.

Além disso, a organização adquire informações valiosas sobre o desempenho dos seus colaboradores que integrando com decisões estratégicas garante o alcance dos resultados definidos no planeamento estratégico.

Está na hora de implantar um sistema de avaliação de desempenho em sua empresa? Entre em contato com a SER, e marque já uma sessão!

E se pretender conhecer as melhores práticas para uma gestão de pessoas mais humanizada e eficiente, subscreva a nossa Newsletter. Semanalmente tem acesso aos melhores conteúdos sobre gestão de pessoas.

Compartilhar este Artigo

Leave A Comment

Go to Top