Adicional de assiduidade: o que é e como funciona

2022-02-10T10:09:01-03:0024 setembro, 2020|Gestão de Pessoas|

Acompanhe esse artigo e entenda como o adicional de assiduidade pode ajudar a aumentar a produtividade e o sentimento de pertencimento de sua equipe.

O desejo de toda organização é manter o engajamento e assiduidade de seus colaboradores. Afinal, a assiduidade é algo muito importante tanto para a imagem do profissional quanto para o bom funcionamento da empresa.

Ela funciona como uma garantia de que os processos serão cumpridos e a produtividade será satisfatória. Por outro lado, para o profissional,  funciona como demonstração de profissionalismo e responsabilidade.

Sabemos que a assiduidade no trabalho é um dever de todo colaborador, mas é um grande incentivo quando a empresa recompensa seus profissionais por isso. Muitas organizações reforçam esse dever por meio de bônus, mais conhecido por adicional ou gratificação de assiduidade.

Nesse sentido, o adicional de assiduidade tem sido utilizado com uma das estratégias para incentivar os profissionais a aumentar a produtividade.

Mesmo que isso seja uma prática comum nas empresas, muitas pessoas desconhecem a utilidade do adicional de assiduidade, bem como sua previsão na CLT e as formas como esse benefício pode ser concedido. E, certamente, esse adicional de assiduidade vem trazendo bons resultados para as organizações que o aplicam.

Nesse artigo queremos trazer para você maiores informações sobre ele e como ele pode auxiliar a gestão de pessoas da sua empresa a melhorar a performance da equipe. Continue a leitura, e entenda como o setor de recursos humanos e a empresa podem ter um bom controle da assiduidade de seus colaboradores.

O que é adicional de assiduidade?

O adicional ou gratificação de assiduidade é um benefício concedido pela empresa aos colaboradores mais assíduos, ou seja, aqueles que possuem maior frequência ao trabalho. Esse benefício é um grande aliado para manter o engajamento e motivação do colaborador, bem como aumentar a produtividade deles.

É muito comum utilizar esse incentivo em áreas onde se tem um alto índice de absenteísmo, como por exemplo em telemarketing, construção civil, comércio entre outros. Quando o colaborador começa a faltar com frequência ao trabalho, pode ser por diversos motivos. Dentre eles, problemas pessoais, doença, no trajeto ou, até mesmo, a própria desmotivação do colaborador.

Portanto, manter a motivação é um grande desafio para os profissionais de Recursos Humanos. Se os colaboradores estiverem motivados, os ganhos para a organização serão maiores. Toda equipe fica voltada para cumprimento de prazos, melhores entregas, contribuem com inovações e melhoram os resultados.

Devido a isso, a gratificação de assiduidade se torna uma grande estratégia de retenção de talentos para as empresas. Por um lado, o colaborador se torna mais frequente, melhora sua imagem, desempenho e é recompensado por isso. Por outro, a organização oferece um bônus ao colaborador, mas alcança as metas e melhores resultados.

Podemos dizer com isso que o adicional de assiduidade é um investimento da organização para garantir uma equipe assídua e produtiva.

Além disso podemos destacar também o fato do profissional, a partir da oferta de um bônus como esse, se sentir valorizado pela organização e pertencente a essa. O que por si só, já eleva, em muito, seu sentimento de responsabilidade com os resultados do negócio.

O que diz a CLT?

Com a Reforma Trabalhista de 2017, o adicional de assiduidade passou a ser considerado um prêmio para os colaboradores. Para receber o prêmio, é necessário esforço e empenho do colaborador interessado. Na lei não existe uma definição clara sobre as regras de pagamento dessa gratificação. Ou seja, fica a critério de cada empresa estabelecer como isso será feito. Vejamos o que diz o artigo 457 da CLT:

  • 4o Consideram-se prêmios as liberalidades concedidas pelo empregador em forma de bens, serviços ou valor em dinheiro a empregado ou a grupo de empregados, em razão de desempenho superior ao ordinariamente esperado no exercício de suas atividades. (Redação dada pela Lei nº 13.467, de 2017).

Vale a pena ressaltar que, com as alterações da reforma trabalhista, o prêmio de assiduidade passou a não integrar mais o salário. Sendo assim, esse benefício não entra para o cálculo de férias e décimo terceiro, como ocorria anteriormente.

Como o prêmio é um estímulo para os colaboradores melhorarem seu desempenho no trabalho e como recompensa pela assiduidade, então o empregador pode retirar esse benefício a qualquer momento.

Para garantir um bom controle e gestão da jornada de trabalho dos profissionais, é ideal que a empresa adote um software de controle de ponto. Desta forma, os gestores podem mensurar as faltas e atrasos e verificar aqueles colaboradores que necessitam de mais atenção.

Além disso, que os sistemas online trazem muitos benefícios como geração de relatórios, integração com a folha de pagamento, entre outros.

Quais as vantagens de oferecer esse tipo de gratificação?

Pagamentos de bonificações muitas vezes são vistos pela empresa como custos. No entanto, é preciso identificar as vantagens dessas gratificações, de forma que a liderança consiga mensurá-las como investimento na formação de equipes de alta performance.

Em suma, com a concessão do adicional de assiduidade, podemos perceber grandes vantagens para as organizações. Vejamos algumas delas a seguir.

1 – Melhoria no clima organizacional

Quando os colaboradores se sentem motivados e engajados, há uma melhoria no desempenho e produtividade deles, gerando um clima saudável na equipe. Mas, quando há colaboradores que começam a faltar com muita frequência, a equipe fica sobrecarregada, gerando insatisfação e desmotivação.

Portanto, o pagamento de um bônus por assiduidade cria um ambiente de trabalho colaborativo e promove o sentimento de responsabilidade de cada colaborador com os resultados.

Isso acaba se tornando um fator motivacional que impacta diretamente o clima organizacional, através da promoção de uma cultura de colaboração e meritocracia.

2- Imagem da organização

produtividade dos colaboradores está diretamente relacionada com o desenvolvimento e sucesso da empresa. As faltas e atrasos podem gerar uma sensação de desorganização interna, que pode ser percebida pelos clientes e isso não é nada favorável.

Ao fazer um contato por telefone sem sucesso ou atraso na entrega de demandas, os clientes podem perceber os índices de absenteísmo, o que gera uma imagem negativa da empresa.

Se o engajamento da equipe estiver satisfatório, o cliente tende a ter uma imagem de credibilidade em relação à empresa.

Além disso, a satisfação dos colaboradores de terem seu empenho valorizado pela organização é um excelente fator de fortalecimento da marca empregadora, ou employer branding.

3 – Menos problemas financeiros

Quando a empresa tem suas demandas e o cumprimento dos prazos em dia, não se tem custos com multas e atrasos nas entregas dos clientes. Ao contrário, quando há um número alto de faltas dos colaboradores, esse absenteísmo, acarreta atrasos nas demandas, o que ocasiona prejuízos financeiros para a organização.

Sendo assim, uma equipe valorizada por sua assiduidade, tende a cumprir prazos e alcançar metas, tornando o negócio mais lucrativo.

nps

Por onde começar?

O primeiro passo para implantar um sistema de adicional de assiduidade é pela montagem de um processo. Nesse processo é preciso especificar quais critérios definirão o recebimento, como será esse pagamento e quem será o responsável pelo acompanhamento disso.

Depois é preciso definir os indicadores, que permitam a análise de dias trabalhados. Aqui a utilização de softwares de RH é bastante eficaz na emissão de relatórios para análise dos dados. Dessa forma é possível garantir que o processo seja realizado de forma justa e transparente.

E por último e não menos importante, é preciso garantir que todo o processo seja acompanhado e continuamente aperfeiçoado. Para isso, ferramentas de Pople Analytics são excelentes alternativas que permitem que o setor de recursos humanos não só entenda o comportamento dos colaboradores, como através desse entendimento, aperfeiçoem os programas de bonificações.

Concluindo

Vale ressaltar que assiduidade e pontualidade são conceitos diferentes. Nem sempre um colaborador pontual é assíduo. Isso porque assiduidade diz de frequência e pontualidade de cumprimento de horário.

Portanto, na hora de planejar a oferta de um adicional de assiduidade é importante entender bem essa diferença.

Em resumo, você pode perceber como a gratificação de assiduidade é um benefício valioso para as empresas. Quando o assunto é valorização, motivação e engajamento da equipe, ele se torna um grande aliado para os gestores.

Pode parecer difícil e desafiador no início de sua implantação, mas ao longo do tempo percebe-se o ganho para ambos os lados.

Além disso, se a sua empresa concede esse tipo de benefício, ela se torna atrativa para novos talentos diante o mercado de trabalho. Bons profissionais estão em busca de organizações que valorizem e recompensam pelo bom desempenho, e claro, a assiduidade.

Então podemos afirmar que sim, o adicional de assiduidade é uma excelente estratégia de atração e retenção de talentos! Portanto, siga as nossas dicas e aproveite para fomentar um ambiente de valorização de empenho e meritocracia em sua empresa. E de quebra, favorecer o sentimento de pertencimento de sua equipe de colaboradores.

E que tal contar com a tecnologia para isso? Agora que você já conhece as vantagens dessa gratificação, que tal oferecer ao seu RH a possibilidade de acompanhar a assiduidade de seus colaboradores e desenvolver esse processo de forma estratégica?

Conheça a SER HCM e oportunize um ambiente de automação e otimização de processos em gestão de pessoas da sua empresa. Quer saber como? Entre em contato conosco e receba maiores informações.

Gostou do artigo? Então, aproveite para assinar a nossa newsletter e receber mais informações importantes diretamente no seu e-mail!

 

Compartilhar este Artigo

Um comentário

  1. Everton 24 de maio de 2022 em 12:02- Responder

    Olá o premio assiduidade pode substituir o vale alimentação?

Deixar um comentário

Ir ao Topo