Promova a autoconfiança em sua equipe

2022-04-18T10:53:25-03:004 abril, 2022|Gestão de Pessoas|

Uma equipe autoconfiante é capaz de grandes realizações. Acompanhe a gente nesse artigo e entenda a importância da autoconfiança e como promovê-la no ambiente organizacional.

Certamente, a palavra de ordem na gestão de pessoas é engajamento. Ou seja, o envolvimento que as pessoas demonstram nas questões que são relevantes para a empresa e para o alcance de resultados.

No entanto, para promover engajamento nos colaboradores é preciso que o setor de recursos humanos entenda quais são os fatores que geram esse engajamento e proponha ações que fomentem esses fatores.

E esses fatores são inúmeros. Claro, não há necessidade de promover um ambiente organizacional que apresente todos esses fatores de engajamento. Mas é preciso entender como cada um deles funcionam e escolher aqueles que fazem sentido para o perfil da equipe e cultura da empresa.

Dentre os fatores que são capazes de promover o engajamento dos colaboradores nos processos organizacionais está a autoconfiança. Pode parecer estranho dizer isso. Afinal, a autoconfiança é uma característica subjetiva e, portanto, mais singular que coletiva.

No entanto, é fato que uma equipe formada por colaboradores dotados de autoconfiança é mais produtiva, mais engajada e logo, com performance superior quando comparada àquelas formadas por colaboradores que não desenvolveram essa característica.

Quer entender melhor esse assunto? Não perca tempo e acompanhe com a gente até o final.

Confiança em quê e em quem

É fácil definir autoconfiança: é a confiança que o sujeito tem em si mesmo. Mas falando assim o termo é muito amplo. Afinal precisamos entender em quê essa confiança está amparada.

Quando falamos de confiança dizemos da segurança que sentimos em relação a algo ou alguém. Na autoconfiança a pessoa confia em si. No ambiente organizacional essa autoconfiança diz da certeza que o colaborador tem de suas habilidades, sua capacidade de tomar decisões, criar soluções e da importância de sua participação nos resultados da equipe.

Não estamos falando aqui de uma postura de arrogância ou prepotência, diante das demais pessoas, do sujeito que se considera o melhor profissional e desdenha da capacidade de outrem.

Mas da segurança do colaborador bem-preparado e empenhado em cumprir com excelência suas responsabilidades frente à equipe.

Portanto, autoconfiança no ambiente organizacional é uma força poderosa de engajamento, na medida que permite que o colaborador se reconheça profissionalmente e com isso, participe ativamente da busca de soluções e resultados para a organização.

Autoconfiança: intrínseca ou extrínseca?

E se dissermos que a autoconfiança é ao mesmo tempo intrínseca e extrínseca? Pode parecer complicado entender, mas de fato, é bem simples.

Algumas pessoas são dotadas naturalmente de autoconfiança. Foram moldadas desde a infância para acreditarem em si mesmas e romperem seus limites pessoais, performando com excelência. Em geral pessoas dotadas de autoconfiança são também autodisciplinadas e apresentam resultados exponenciais em tudo que se propõem fazer.

No entanto, isso não é motivo de desânimo para os gestores que possuem em sua equipe pessoas desprovidas dessa habilidade. Apesar da autoconfiança ser algo intrínseco nas pessoas, é possível desenvolver essa caraterística. Sim, a autoconfiança também é extrínseca!

Portanto, apoiado pelo setor de RH, o líder pode e deve se empenhar em desenvolver essa habilidade nos membros de sua equipe. E a gente já vai te explicar os motivos.

Recrutamento e seleção

Benefícios da autoconfiança para a equipe

Uma pessoa dotada de autoconfiança conhece bem suas habilidades e sabe que o bom uso delas, pode levá-la a patamares mais altos. Mas não é só o saber de sua capacidade. A autoconfiança faz com essa pessoa sempre persiga seus objetivos e com isso, alcance grandes realizações.

Agora imagine uma equipe formada por pessoas autoconfiantes? Com certeza será uma equipe de alta performance. Afinal, a autoconfiança tende a impulsionar a criatividade, a motivação, o pensamento crítico e consequentemente a produtividade.

Além disso, pessoas autoconfiantes são dotadas de autonomia, ou seja, são capazes de tomar decisões assertivas, agirem de forma inovadora, sem dependerem do direcionamento de um superior.

Podemos apontar ainda que a autoconfiança desperta a capacidade e segurança na condução de negociações, aumenta a determinação e o controle emocional.

Em resumo, é certo afirmar que cultivar a autoconfiança de seus colaboradores, promoverá o desenvolvimento deles e permitirá que eles performem com excelência. Consequentemente, sua empresa ganhará diferencial competitivo ao contar com uma equipe mais motivada, engajada, criativa, produtiva e inovadora.

Algumas dicas

Desenvolver autoconfiança em sua equipe não é algo complexo. Certamente, algumas das dicas que vamos dar aqui já fazem parte da rotina da gestão de pessoas. E, se ainda não fazem, vale a pena implementar.

Ofereça feedback

Um dos maiores fatores para desenvolver autoconfiança é o reconhecimento profissional. Portanto, a primeira dica é: ofereça feedback para sua equipe, reconheça suas habilidades, seus esforços, seus pontos fortes.

A dica da dica é que você pode utilizar a funcionalidade de desenvolvimento e desempenho da SER HCM. Ela possibilita o acompanhamento de toda a trajetória do colaborador, com feedback contínuo. Com isso, permite que ele visualize seu próprio desenvolvimento e se torne mais autoconfiante.

Valorize seu colaborador

A valorização profissional tem um grande peso na autoconfiança do colaborador. Portanto, se você quer desenvolver essa característica em sua equipe, reconheça e valorize-os. Ofereça a eles oportunidades reais de crescimento profissional através de promoções e novos desafios.

Permita que eles demonstrem suas habilidades e competências e participem ativamente da construção de seus processos de trabalho. A autoconfiança é um excelente combustível para o sentimento de pertencimento.

Mas não se esqueça: as oportunidades precisam estar acompanhadas de valorização salarial justa e compatível com o mercado e com as responsabilidades atribuídas a ele, para o tornar mais confiante em seu trabalho.

Escute o que ele tem a dizer

Dar ao seu colaborador a oportunidade de se expressar faz com ele se sinta respeitado e autoconfiante. Portanto, além de oferecer feedback, permita que seu colaborador não só expresse suas opiniões, como também apresente suas necessidades, troque experiências e conhecimentos com a equipe.

Em suma, promova uma cultura organizacional de comunicação assertiva, horizontal e não violenta entre seus colaboradores e desenvolva a autoconfiança deles.

Conclusão

Os benefícios são extensos e as ações não são complexas. Vale a pena investir nessas ações e promover um ambiente cultural que fomente a autoconfiança de seus colaboradores.

Em resumo, uma equipe dotada de autoconfiança é dotada de muitas outras características, que juntas, podem levar a empresa a alcançar resultados exponenciais.

E, para começar uma transformação cultural em sua empresa capaz de otimizar resultados e promover um ambiente de autoconfiança, que tal conhecer a SER HCM? Entre em contato conosco e saiba mais a respeito dessa ferramenta de gestão estratégica de pessoas.

Já podemos te adiantar que ela oferece além da funcionalidade Desempenho e Desenvolvimento que falamos aqui, diversas outras possibilidades para potencializar a gestão de pessoas de sua empresa.

E se você quer conhecer mais sobre gestão estratégica de pessoas, não deixe de assinar nossa Newsletter e receber toda semana, o melhor conteúdo, como esse, diretamente em seu e-mail.

Compartilhar este Artigo

Deixar um comentário

Ir ao Topo