Metaverso: como o RH é impactado

2022-04-01T15:40:21-03:0031 março, 2022|Tecnologia para RH|

O metaverso é como uma realidade paralela, que promete impactar os processos de RH e a gestão de pessoas. Quer saber como? Acompanhe com a gente esse artigo.

Sempre que uma nova tecnologia surge, o setor de recursos humanos busca incorporá-la na gestão de pessoas com o intuito de otimizar processos e oferecer aos colaboradores a melhor experiência na jornada profissional.

Certamente, esse é um movimento que traz vida ao RH, na medida que o torna dinâmico e em constante transformação. Transformação essa que é primordial para acompanhar o mercado e garantir que o capital humano da organização esteja preparado para alcançar o sucesso do negócio.

Sendo assim, nesse ano, o RH ganhou uma nova pauta que vem crescendo no meio organizacional, entrando em evidência em 2021: o metaverso, uma tecnologia que promete impactar profundamente a forma como as empresas se relacionam com seus colaboradores.

E se o que está em discussão são as relações humanas no trabalho, certamente o RH estará inserido nessa transformação e seus processos serão impactados.

No artigo de hoje, queremos trazer para você maiores detalhes a respeito do metaverso e de que forma ele poderá ser utilizado pelo setor de RH para oferecer aos colaboradores uma experiência exponencial, desde o recrutamento e seleção.

Acompanhe com a gente.

Metaverso: uma realidade paralela

De forma geral, podemos dizer que o metaverso é como uma realidade paralela. Uma experiência virtual que permite que as pessoas se encontrem, mesmo estando distante.

A verdade é que o metaverso não é uma descoberta recente. Ao contrário disso, já na década de 90, seu conceito era apresentado na prática, através de jogos de realidade virtual.

No entanto, limitações como rede de internet e até a falta de tecnologias mais eficientes, impediam que o metaverso oferecesse a experiência de hoje. Já que os avanços tecnológicos dos últimos anos, proporcionou o desenvolvimento de novos dispositivos, capazes de oferecer uma imersão ultrarrealista nessa experiência virtual.

A partir disso, as possibilidades são imensas.

Afinal, o metaverso permite a interação entre as pessoas, com a utilização de avatares, que permite o diálogo e a percepção do ambiente, mesmo a longas distâncias. É a utilização de experiência sensorial e realidade aumentada, para oferecer o desenvolvimento de relacionamentos, comunicação e criação de situações reais, no mundo virtual.

Com isso, ele promete revolucionar o mercado. E, em se tratando do RH, impactar processos em gestão de pessoas, a começar pelo recrutamento e seleção.

Benefícios na gestão de pessoas

A possibilidade de oferecer interações virtuais de realidade aumentada e experiência sensorial é uma grande possibilidade de inovar na gestão de pessoas.

Sendo assim, os impactos disso vão desde a possibilidade de promover reuniões virtuais, quanto de mudanças no conceito dos espaços de trabalho.

Se o trabalho híbrido foi apontado como uma grande tendência de RH para 2022, o metaverso poderá potencializar essa tendência. Basta imaginarmos a possibilidade de reunir a equipe de trabalho em um mesmo ambiente virtual, mesmo que os colaboradores estejam em diferentes pontos do planeta.

Além disso, é possível estar quase que simultaneamente em diferentes espaços virtuais. Com isso, o conceito de espaço de trabalho é totalmente transformado. Imagine só estar em uma reunião na Bélgica às 15 horas e logo às 16 horas em outra reunião na China?

O metaverso oferece uma liberdade que não é possível dentro do mundo real e suas limitações de trânsito, tempo e espaço físico.

Outra possibilidade para o RH é a otimização dos processos de recrutamento e seleção, através do metaverso. A possibilidade de oferecer um processo mais realista, através da gamificação, em ambiente de realidade virtual é um grande avanço para os processos de recrutamento e fit cultural.

Isso sem falar da inclusão e diversidade. A partir da realidade virtual, é possível oferecer oportunidades as pessoas portadoras de necessidades especiais.

Além disso, para a formação de equipes de alta performance, o metaverso possibilita a inserção de programas de treinamento e desenvolvimento inovadores e com alta possibilidade de gerar engajamento, principalmente nas gerações mais novas.

O que, em suma, impacta diretamente o employer branding da organização, através da imagem de uma empresa mais inovadora e inclusiva.

ebook software para gestão de pessoas

Metaverso: os desafios

Como toda nova tecnologia, a utilização do metaverso nas empresas, traz não só potencialidades, mas também desafios. Nesse sentido queremos trazer três principais pontos que demandam atenção e planejamento para aderir a essa nova possibilidade.

Comportamento e ética

Para o setor de recursos humanos, a utilização do metaverso nos ambientes organizacionais, traz um ponto de observação: os aspectos comportamentais e éticos, na utilização do mundo virtual.

A relação das pessoas com a tecnologia já é ponto de atenção em diversos espaços organizacionais. Sendo inclusive, a relação que existe entre o real e o virtual, e o posicionamento de colaboradores nas redes, motivo de discussões e até de desligamentos nas empresas.

Cabe ao setor de recursos humanos oferecer não somente a possibilidade de utilização de novas tecnologias, como criar ações que orientem a utilização delas. Criar consciência social e coletiva na equipe é de extrema importância para evitar situações de conflito e até assédio, já que ainda não temos no Brasil, legislação vigente que regulamente os espaços de vivência virtual.

Recursos financeiros

Toda nova tecnologia a ser implantada exige planejamento. E esse planejamento se trata tanto de processos e suas adequações, quanto de organização financeira. Afinal, inovação é sempre pouco acessível e no caso do metaverso, isso não é diferente.

Os óculos utilizados para levar os colaboradores à imersão no mundo virtual não são acessíveis a todas as pessoas. Nesse sentido, é importante que o RH se atente para essa realidade.

No que tange os processos internos como treinamentos, reuniões virtuais e afins, é preciso levar em consideração os recursos financeiros disponíveis na organização. Afinal, é preciso alcançar todos os colaboradores, ainda que de forma gradual, na inovação tecnológica.

Cabe ao RH também a necessidade de se flexibilizar em processos de recrutamento e seleção. Por ser uma tecnologia que ainda não está acessível a todos os candidatos, é preciso que esse setor esteja preparado para o convencional, de forma que seu processo não seja excludente ou injusto.

Suporte tecnológico

Enfim, essa é uma tecnologia que exige conexões em alta velocidade. Portanto, para implantá-la é preciso investir no desenvolvimento de uma rede instável. Uma rede lenta pode gerar uma experiência desastrosa e uma comunicação falha, já que pode causar atrasos nos áudios, comprometendo com isso a interação eficiente.

Concluindo

Em suma, o metaverso é uma tecnologia que possibilita uma série de interações econômicas e sociais e prometendo revolucionar o mundo dos negócios.

Na atuação do RH, o metaverso pode proporcionar praticidade em diversos processos da gestão de pessoas. E claro, grandes desafios. O primeiro deles é a busca pelo conhecimento mais aprofundado dessa tecnologia e suas aplicações. Sua utilização precisa tornar o RH mais humanizado, e as relações humanas de melhor qualidade, vencendo os limites de tempo e espaço.

Tudo isso, possibilitando o cuidado com as pessoas, já que o excesso de tecnologia e o uso desenfreado delas tem sido apontado pelos especialistas como um dos responsáveis pelo adoecimento psicológico. Mas esse é assunto para outro artigo.

Fora do mundo de realidade virtual, que tal oferecer a sua equipe de RH a melhor experiência em tecnologia? Entre em contato conosco e conheça a SER HCM, uma ferramenta completa para automatizar e otimizar a gestão de pessoas de sua empresa.

E se você gostou desse artigo e quer saber mais sobre a gestão estratégica de pessoas, não deixe de assinar nossa Newsletter. Toda semana tem conteúdos fantásticos para você.

Compartilhar este Artigo

Deixar um comentário

Ir ao Topo