Plano de sucessão: entenda a importância para sua empresa

2023-01-09T10:04:29-03:001 novembro, 2018|Gestão de Pessoas|

O plano de sucessão garante que os cargos importantes sejam ocupados pelos talentos certos, o que aumenta a eficiência da empresa. Quer entender melhor como ele funciona? Esse artigo é para você.

Certamente, desenvolver pessoas é uma das melhores estratégias para o crescimento de um negócio. Principalmente quando se pensa em cargos estratégicos dentro da organização.

É muito comum que as empresas busquem no mercado, profissionais seniores para ocupar cargos de liderança. E essa decisão tem seus pontos positivos.

Em geral, um profissional que já possui experiência na área, traz oxigênio para a equipe através de suas múltiplas experiências. Além disso, como ele já vem formado, diminui consideravelmente, os custos com seus treinamentos. Sejam esses custos financeiros ou não.

No entanto, a contratação de profissionais formados, pode trazer alguns contras. Só para exemplificar, podemos falar da manutenção de cultura. Um profissional que vem do mercado traz consigo vivências de outras empresas. Se por um lado isso pode inovar o ambiente organizacional, por outro coloca em risco a cultura dessa organização.

Afinal é a liderança a principal responsável pela disseminação e manutenção da cultura organizacional. O que coloca esses profissionais numa posição de risco para a cultua organizacional.

Dessa forma, uma excelente maneira de manter a cultura organizacional e até gerar satisfação nos seus colaboradores é através da implantação de um plano de sucessão.

O plano de sucessão representa o estudo dos principais cargos da organização, bem como a definição dos colaboradores com competências técnicas e comportamentais mínimas para ocupá-los no futuro — objetivando desenvolvê-los antecipadamente.

Dessa forma, no artigo de hoje iremos te mostrar os benefícios de implantar um plano de sucessão na gestão estratégica de pessoas da sua empresa. Quer entender direitinho como isso funciona?

Acompanhe com a gente esse artigo.

Gestão estratégica de pessoas começa com a tecnologia

Implantar um plano de sucessão exige a integração com diversos outros processos da gestão de pessoas. Afinal, para promover pessoas é necessário desenvolvê-las e prepara-las para assumir novos desafios.

Antes disso, é preciso identificar seus talentos, entender quais são suas habilidades e seus pontos de melhoria.  Esses são pontos primordiais do plano de sucessão que passam por processos como avaliação de competências, feedback, PDI e contrato de metas.

Sendo assim, a melhor alternativa para a implantação eficiente do plano de sucessão da sua empresa é através da contratação de um bom software de RH.

Nesse sentido, nossa dica é que você conheça a SER HCM, a solução para gestão estratégica de pessoas.

A SER HCM possui módulos integrados, que permite que todos os processos de gestão de pessoas de sua empresa, utilizem o cruzamento de dados de seus talentos. Isso facilita o levantamento de informações e análise de perfil de seus colaboradores.

Inclusive, com a SER HCM é possível montar o dossiê profissional de seus talentos. Esse dossiê é uma excelente ferramenta que pode apoiar a tomada de decisão dentro do plano de sucessão de sua empresa.

Para conhecer todos os detalhes dessa ferramenta é muito simples. Basta entrar em contato com nossa equipe e solicitar uma demonstração.

A importância do plano de sucessão

O plano de sucessão é um processo em gestão de pessoas que visa identificar e desenvolver potenciais talentos.

Em razão disso, garante que as funções estratégicas tenham profissionais suplentes. Em suma, isto quer dizer que, em caso de crescimento, a empresa contará com talentos devidamente treinados para fazer a sucessão.

No entanto é preciso saber diferenciar o plano de sucessão, do plano de carreira.

O plano de carreira representa os cargos que cada profissional poderá ocupar na empresa. Além disso, o plano de carreira em muitas empresas se baseia no tempo de “casa” de seus colaboradores e em seus resultados entregues.

Por outro lado, o plano de sucessão leva em consideração habilidades técnicas e comportamentais que são necessárias para o crescimento do negócio.

Há diversos benefícios no plano de sucessão. Nós separamos alguns dos principais e como podem ser aproveitados na sua empresa. Portanto, leia os próximos tópicos!

Garante a sucessão nas funções estratégicas

Existem cargos essenciais ao bom funcionamento da empresa.  Afinal, lideram uma série de pessoas e tomam decisões realmente importantes. Cargos que estão no topo da “pirâmide” organizacional são um bom exemplo — diretores, chefes, gerentes etc.

Imagine que o diretor de marketing da empresa é demitido e não há ninguém do time que possa substituí-lo. Contratar alguém de fora também dá muito trabalho e poderia levar meses. Logo, as tarefas se acumulam e o negócio perde em competitividade.

Nesse caso, o ideal é ter alguém da equipe preparado para fazer a sucessão, um profissional suplente. Esse talento deve estar treinado e conhecer as atividades-chave.

E não se trata apenas de demissões. Em casos de promoções, para que um líder assuma novos desafios em sua área ou até seja deslocado para outras áreas dentro da empresa, é necessário que alguém assuma suas atividades.

Portanto, o plano de sucessão é importante não só para a empresa, mas para os próprios colaboradores, que podem assumir com tranquilidade, novos desafios.

Otimiza a retenção de bons funcionários

Reter talentos é crucial ao negócio, até porque não é fácil encontrar profissionais com competências técnicas e comportamentais específicas à empresa.

Nesse sentido, o plano de sucessão é uma ferramenta única, oferecendo a perspectiva de crescimento na empresa e garantindo que os talentos sejam reconhecidos. Portanto, seu estabelecimento gera motivação para que o profissional continue no quadro de trabalho por longos anos.

Se você ainda não considera a retenção uma prioridade, é bom refletir mais sobre o tema. Em nível mundial, 38% dos empregadores têm dificuldades na aquisição de talentos.

A retenção de profissionais de excelência tem impactos tanto no clima organizacional, quanto na marca empregadora de sua empresa!

ebook gestão de telentos

Facilita o desenvolvimento de talentos

Todo profissional deve crescer continuamente e desenvolver novas competências para trabalhar com excelência. Todavia, nem sempre há o estímulo correto para isso.

Quando há um plano de sucessão, por outro lado, a motivação para crescer é maior. Os próprios talentos desejarão participar de cursos, palestras e eventos corporativos. Além disso, estarão mais entusiasmados para aplicar no trabalho o que foi aprendido.

No entanto, é papel da empresa identificar e comunicar os pontos fracos que devem ser desenvolvidos, bem como criar as condições necessárias para que isso aconteça.

Além disso, construir uma gestão de desenvolvimento, permite que a empresa fomente uma cultura de aprendizado contínuo. Uma boa dica nesse caso é implantar em sua empresa uma cultura de valorização do lifelong learning aliado ao seu plano de sucessão.

Aumenta a produtividade diária

É crucial lembrar que, quando os profissionais enxergam a perspectiva de crescimento, também se tornam mais produtivos. Afinal, todos almejam chegar ao topo.

Em geral, a produtividade nas empresas é baixa. Alguns estudos indicam que menos da metade do expediente é produtivo. Ao criar o plano de sucessão, é possível mudar esse cenário, motivar os atuais talentos e garantir que atuem com alta produtividade.

Desenvolvimento da liderança

Outra importante contribuição do plano de sucessão para as empresas é o desenvolvimento da liderança.

A partir da possibilidade de novas oportunidades, a liderança precisa estar preparada para apoiar a equipe em suas novas responsabilidades. O papel da liderança na trajetória profissional de seus talentos é primordial para o sucesso deles.

Seja desde a identificação dos talentos aptos a ocuparem posições de maior complexidade, seja no desenvolvimento da equipe de forma geral.

Contar com uma liderança empática e inspiradora, torna o processo sucessório mais eficaz. Dessa forma, a própria liderança precisa estar preparada para crescer junto com sua equipe e assumir novos desafios.

Em suma, o plano de sucessão estimula o desenvolvimento de aprendizagem contínua para a liderança.

Concluindo

As vantagens de implantar um plano de sucessão são diversas.

Esses são apenas alguns dos principais benefícios, mas existem outros. O plano de sucessão permite conhecer melhor os profissionais, gera estabilidade e aumenta a competitividade do negócio.

Além disso, prepara as pessoas para assumirem novos desafios ao mesmo tempo que prepara a empresa para as mudanças do mercado. O plano de sucessão torna o negócio resistente ao tempo e as mudanças. E isso só é possível porque ele traz maior clareza sobre as necessidades da empresa, os objetivos do negócio e as expectativas das pessoas.

Sem falar que o plano de sucessão tem um enorme impacto no clima organizacional e no fortalecimento dos vínculos de confiança entre a empresa e seus talentos. E isso se deve ao fato de realizar as sucessões de forma transparente e baseadas em dados, não em preferências.

Sua implantação, portanto, contribui de forma significativa para a formação de uma equipe de alta performance e para a longevidade do seu negócio.

E aí, gostou desse artigo e quer saber mais sobre gestão estratégica de pessoas? Não deixe de assinar nossa newsletter. Toda semana tem conteúdos novos que podem chegar em primeira mão para você.

Aproveite para nos seguir nas redes sociais e ficar por dentro de todas as novidades que rolam no LinkedIn, Instagram e Facebook!

Compartilhar este Artigo

Ir ao Topo