RH Ágil: o que é e como aplicá-lo?

2022-07-25T09:06:50-03:0025 julho, 2022|Gestão de Pessoas|

Entenda o que é o RH ágil e saiba como aplicá-lo em sua empresa nesse artigo.

Quando falamos em agilidade, nos referimos a nova forma do mercado vislumbrar os negócios. O movimento ágil nasceu em 2001, no universo da tecnologia, buscando um modelo que atendesse as mudanças do mercado e a geração de valor para os clientes. Naquela época, o desenvolvimento de um projeto levava em torno de três a cinco anos, e, quando esse projeto chegava no mercado, em alguns casos, já estava obsoleto.

Portanto, era preciso mudar os processos de trabalho, para acompanhar as mudanças constantes que o mundo vivia e vive até hoje.

Dessa forma, foi criado o manifesto ágil, que trazia entre suas premissas a valorização de pessoas e interações à processo e equipamentos. No entanto, essa agilidade não é a mesma coisa que velocidade.

Dentro da metodologia ágil, o mais importante é a habilidade de responder as mudanças e incertezas rapidamente. A velocidade aqui é a da aprendizagem, que no momento é a nova vantagem competitiva das empresas.

Dessa forma, as transformações do mundo, exige a necessidade de preparar as pessoas para lidar com as mudanças de contexto do mercado. Sendo assim, considerando a premissa de valorização de pessoas e suas interações, a metodologia ágil alcançou o principal setor responsável por essas pessoas: O RH.

No artigo de hoje queremos trazer para sua empresa o que é o RH ágil e como aplicá-lo, transformando sua empresa em uma organização exponencial.

Quer entender como? Acompanhe com a gente!

RH: do tradicional ao ágil

Quando falamos do RH tradicional, pensamos em todas as mudanças que esse setor vem vivendo ao longo da transformação tecnológica. De um centro de serviços operacionais, como recrutamento, benefícios e desligamentos, até sua atuação estratégica na gestão do capital humano.

Sendo assim, a metodologia ágil permite que esse setor assuma em totalidade sua posição estratégica na organização, focando sua atenção nas pessoas.

As diferenças de atuação do RH tradicional e o RH ágil, são percebidas em todas os processos sob responsabilidade desse setor. Começando pelo processo de recrutamento e seleção até o desenvolvimento de talentos.

No RH tradicional, o processo de recrutamento é realizado após a abertura de determinada vaga. Já o RH ágil se antecede as necessidades da empresa, mantendo um banco de talento atualizado.

Já nas práticas de T&D, o Rh tradicional busca desenvolver seus colaboradores até que eles cheguem ao nível que a empresa espera. No RH ágil o aprendizado é constante e não leva em consideração somente a área de atuação do funcionário, mas amplia suas possibilidades.

Dessa forma, podemos considerar que o RH ágil se concentra em uma posição estratégica dentro das organizações.

Mas afinal, o que é o RH ágil?

Quando falamos de RH ágil, é preciso entender suas três grandes tendências:

  • atuação estratégica com uma preocupação maior com as pessoas;
  • papel de liderança executiva, digitalização de processos através da tecnologia e redução da carga operacional; e
  • tomada de decisão a partir da análise de dados.

Com isso, podemos dizer que o RH ágil é mais centrado no time, nas pessoas e nas relações. E isso só pode ser feito através do desenvolvimento tecnológico e mudança de cultura organizacional.

Em resumo, o RH ágil torna os processos em gestão de pessoas mais eficientes e menos operacionais. A intenção é promover mais relacionamentos construtivos e gerar valor para a empresa.

Dessa forma, essa metodologia aplicada ao setor de recursos humanos, busca trabalhar em ciclos mais curtos, gerando feedbacks constantes e melhoria contínua dentro da organização.

Dentro da metodologia de RH ágil, as abordagens precisam ser mudadas, repensando a forma de fazer a empresa. A ideia é trabalhar com equipes multidisciplinares, tornando os processos mais eficientes e um desenvolvimento orgânico da empresa.

Por onde começar?

Implantar uma metodologia ágil no seu RH, depende uma mudança de abordagens da empresa em relação as pessoas. E isso passa desde a estrutura organizacional, até a formação de líderes.

1– Transformação tecnológica e digitalização de processos

Certamente, a implantação de um RH ágil, começa na adoção de tecnologias que deem suporte a esse setor. Dessa forma, através da contratação de um software de RH, a digitalização de processos, permite que os profissionais da área atuem de forma estratégica na gestão de pessoas.

Aqui a nossa dica é que você conheça a SER e nossa solução tecnológica para gestão estratégica de pessoas. Nossa plataforma SER HCM permite a automação e customização de processos, permitindo que seu RH tenha tempo para atuar junto a equipe, buscando a transformação cultural que a metodologia ágil requer.

No RH ágil, é muito importante focar na redução da carga operacional desse setor. Afinal, quanto menor tempo gasto em processos, maior disponibilidade para atuar com foco na equipe.

2– Foco nas pessoas

O RH ágil precisa trabalhar colaboração e satisfação. Quando se fala disso, a autonomia é o principal vetor a ser trabalhado nas organizações. Que as pessoas precisam ser desenvolvidas para gerar valor para a organização, nós já sabemos.

E esse desenvolvimento precisa garantir pré-requisitos de satisfação.

No entanto, será a autonomia que colocará o colaborador no protagonismo de sua carreira e torná-lo responsável por sua satisfação.

Além disso, o RH ágil promove o trabalho de equipes multidisciplinares, permitindo com isso, a ampliação do repertório de atuação dos profissionais. Times multifuncionais permitem adaptação rápida às mudanças e aceleram o trabalho. Além disso, aumentam a motivação das equipes.

Sendo assim, a configuração da empresa passa a ser mais próxima da equipe. O RH ágil promove maior interação e uso de inteligência coletiva.

Dessa forma, favorece um ambiente organizacional mais fluido, com geração de valor para a empresa.

3 – Liderança e cultura

O RH ágil precisa formar líderes inspiradores. Esses líderes por sua vez, precisam disseminar e reforçar uma cultura favorável as mudanças.  No RH ágil, o líder tem menos papel de gestor, menos controlador e mais gerador de propósito.

Aliás, as pessoas precisam ser encorajadas a aprenderem, desaprenderem e reaprenderem. Para que a metodologia ágil seja implementada, é preciso abrir espaço para criatividade e inovação.

E isso só é possível através de uma cultura de tolerância aos erros. Dessa forma, é muito importante que a liderança, com o apoio do RH ágil, construa um ambiente de segurança psicológica.

Afinal, segurança psicológica permite erros. E são os erros, que permitem o aprendizado.

Algumas dicas

Ao decidir pela implantação de um RH ágil, saiba a motivação ou propósito por trás dessa decisão.

Um RH ágil precisa gerar valor para a organização, para as pessoas e para o negócio. Dessa forma, entender o propósito da organização irá facilitar o processo de mudança.

Outro ponto muito importante é saber onde se está e onde se quer chegar. Planejamento é essencial para fazer transformações que gerem resultado. Além disso, é preciso saber qual metodologia usar. Existem muitas metodologias, mas elas só serão uteis, se a cultura estiver bem enraizada.

Portanto, analise a necessidade de fazer adaptações ao contexto da empresa, respeitando a cultura organizacional e o tempo que sua equipe precisa para absorver essas mudanças. É preciso ter paciência e persistência, afinal, nenhuma mudança acontece da noite para o dia.

Priorize as pequenas mudanças. Comece pela automatização de processos, depois escolha uma metodologia e a adapte à realidade da sua empresa. Valorize a melhoria contínua e vá ampliando as transformações.

Aqui, o papel do RH ágil é disseminar boas práticas e levar inovação para todas as áreas. Além disso, o RH precisa implantar uma cultura de feedback, encorajando as pessoas a participarem ativamente das mudanças organizacionais.

Entendeu direitinho? Quer começar a implantação de um RH ágil na sua empresa? Entre em contato com a nossa equipe e peça uma demonstração da plataforma SER HCM. A mudança começa pela tecnologia!

E se você quer ficar por dentro de todas as novidades em gestão estratégica de pessoas, não deixe de assinar nossa newsletter. Toda semana tem conteúdos novos na sua caixa de e-mails, para impactar o seu RH.

Compartilhar este Artigo

Deixar um comentário

Ir ao Topo