Tendências em Plano de Desenvolvimento Individual (PDI)

2022-12-19T09:39:11-03:0020 agosto, 2018|Gestão de Pessoas|

Conheça as principais tendências na construção de um plano de desenvolvimento individual e se prepare para ter uma equipe de alta performance.

Ter uma equipe de alta performance precisa ser o objetivo de toda liderança. Afinal, para atender os desafios que levam ao sucesso de um negócio, é preciso contar com o apoio de uma equipe preparada para isso.

Certamente, o investimento na satisfação da equipe, além de garantir processos cumpridos com excelência, oferece diversas vantagens para a empresa como, da qualidade contínua nas entregas, à motivação, engajamento e retenção de talentos.

Criar um ambiente de satisfação na equipe, passa pelo investimento no clima organizacional e na promoção de uma cultura de desenvolvimento constante. Inclusive, será a cultura de aprendizado contínuo que fomentará a formação de uma equipe de excelência.

Dentre as ações, desenvolvidas pelo setor de recursos humanos, voltada para o desenvolvimento da equipe, está o plano de desenvolvimento individual.

O Plano de Desenvolvimento Individual geralmente é realizado a partir de diretrizes definidas pelo RH. Ele leva em consideração os valores da organização e os objetivos que ela possui no que diz respeito ao investimento em seus profissionais.

Ele é capaz de alavancar o desempenho dos colaboradores de acordo com suas competências. O PDI tende a ser planejado de forma que o RH e os líderes participem do alinhamento estratégico das ações que serão executadas pelos profissionais ao longo do processo.

Além disso é preciso que ele seja reformulado, considerando as diretrizes da cultura organizacional vigente, o mercado e as exigências encontradas em cada cargo. Desta forma, as tendências em PDI podem ser tradicionais, ou flexíveis, de acordo com cada situação.

Quer conhecer melhor essas tendências e saber quais podem ser incorporadas ao plano de desenvolvimento de seus colaboradores? Acompanhe com a gente.

Conheça a SER HCM

Antes de conhecer as tendências de plano de desenvolvimento individual, você precisa saber como fazer um PDI. E saber fazer um PDI pode ser bem mais simples, se você utilizar a tecnologia a seu favor.

Sendo assim, a contratação de um software de RH, que ofereça a construção de um plano de desenvolvimento individual para seus talentos, pode ser a diferença entre o sucesso ou o fracasso desse processo.

Afinal, o engajamento tanto do setor de recursos humanos, quanto de seus talentos, tende a ser menor quando os processos são feitos de forma manual e burocrática.

Aqui na SER, promover o desenvolvimento estratégico do seu setor de recursos humanos é a nossa prioridade. Por isso, nossa ferramenta SER HCM possui um módulo de Desempenho e Desenvolvimento, totalmente voltado para a gestão de desenvolvimento de seus talentos.

Esse módulo permite desde a aplicação das avaliações de desempenho, para entender o perfil dos seus talentos, até a montagem do plano de desenvolvimento individual, passando ainda pelo feedback e pelo contrato de metas.

São soluções completas para oferecer para sua empresa a oportunidade de formar uma equipe de alta performance.

E conhecer a SER HCM é muito simples. Basta entrar em contato com nossa equipe de especialistas e solicitar uma demonstração.

E olha só todas as tendências que você pode incorporar ao plano de desenvolvimento individual de sua equipe!

Ações On The Job:

Especialistas em aprendizagem defendem que o melhor aprendizado acontece na realização das atividades a serem aprendidas. É a famosa “mão na massa”.

Sendo assim, o treinamento On The Job, o colaborador recebe o seu treinamento participando da rotina de trabalho do seu departamento. Dessa forma, tem a responsabilidade de treiná-lo, o funcionário que está há mais tempo na companhia.

O colaborador que está passando pelo treinamento on the job realiza tarefas, assimila e cumpre ordens, toma decisões e passa por avaliações de um gestor. Na prática, essa tendência em plano de desenvolvimento individual, proporciona grandes aprendizados, capacitação e muito crescimento.

Job Rotation

É uma prática adotada por muitas empresas para maximizar o aproveitamento e o aprendizado de um funcionário dentro da empresa.

Neste processo, o novo colaborador passa por diversas áreas da empresa durante um determinado período, a fim de conhecer todos os processos, atividades e especificidades de cada área.

Essa tendência em plano de desenvolvimento individual, durante o onboarding do colaborador, faz toda a diferença no seu engajamento. Afinal, conhecendo os desafios dos outros setores, é possível ter maior consciência de suas próprias entregas para a equipe.

Benchmarking

O Benchmarking é uma análise aprofundada das melhores práticas usadas por empresas do mesmo setor que o seu e que podem ser replicadas pela sua marca.

Essa é uma excelente tendência em plano de desenvolvimento individual, pois permite que seus talentos, através do conhecimento das melhores práticas do mercado, desenvolvam sua criatividade.

Uma equipe criativa tem maior tendência a promover um ambiente de inovação, contribuindo para uma cultura de aprendizado contínuo na organização.

Livros e filmes

Os livros são uma alternativa estratégica e excelente tendência em plano de desenvolvimento individual, pois geralmente, possuem baixo custo. Além disso, é preciso considerar a facilidade de acesso, já que é possível encontrar excelentes alternativas de leituras online através de e-Readers e PDFs.

Por outro lado, os filmes também são uma ótima estratégia de material de PDI, pois possuem baixo custo, fácil acesso ao conteúdo e requerem pouco tempo para serem assistidos.

No entanto, não basta a indicação de livros e filmes para sua equipe. Uma excelente forma de otimizar o desenvolvimento é promovendo debates a respeito do conteúdo. Esses debates podem inclusive serem feitos de forma online, através de chats e fóruns internos.

Coaching

Consiste em auxiliar, através de técnicas, ferramentas e práticas do coaching, os profissionais da sua empresa. O interessante nessa tendência em plano de desenvolvimento individual é que através dela é possível desenvolver tanto novas habilidades e competências, como lapidar as que seu talento já possui.

Dessa forma, cria-se um ambiente favorável para o alcance de alta performance no ambiente empresarial. Muitas vezes o coaching é realizado pelo próprio gestor daquele profissional.

Sendo assim, essa é uma estratégia interessante, considerando o baixo custo financeiro e a possibilidade de ser realizado durante o expediente de trabalho.

Treinamentos

Certamente, os treinamentos são a tendência em plano de desenvolvimento individual mais conhecida dentro das empresas.

Os treinamentos podem ser realizados internamente, na empresa. E nesse caso, é possível utilizar as técnicas que falamos mais acima (On The Job e Job Rotation), ou contar com a contratação de profissionais para isso.

Além disso, é possível realizar treinamentos externos. O mais importante é o setor de recursos humanos considere que o custo-benefício de ambas as modalidades e opte por aquela que apresentará maior vantagem para a equipe.

Concluindo

Em geral, as tendências em plano de desenvolvimento individual são um conjunto das melhores práticas que o setor de recursos humanos das empresas executam.

Entender o que o mercado pratica é importante para saber qual direção tomar em relação a sua equipe e empresa. Em suma, não existe a forma correta ou a melhor escolha entre todas elas. O interessante é que sua empresa encontre aquelas que fazem sentido para o perfil dos seus talentos.

Nesse sentido, permitir que seus talentos participem do processo de decisão, faz uma enorme diferença. Afinal, algumas pessoas podem gostar muito de ler, e acharem as dicas de leitura valiosas.

Por outro lado, outros irão preferir aprender através de rodas de conversa, ou até na prática das atividades.

Portanto, sempre abra espaço para o diálogo e permita que seus talentos participem ativamente da construção de seu próprio PDI. Certamente, as chances de engajamento serão maiores, se eles se sentirem pertencentes ao processo e à empresa.

Gostou desse artigo? Quer saber mais sobre gestão estratégica de pessoas e transformar o RH da sua empresa? Não deixe de assinar nossa newsletter. Toda semana temos dicar valiosas para transformar seus talentos em uma equipe de alta performance.

Compartilhar este Artigo

Ir ao Topo