Qual a importância do seu time trabalhar com um propósito?

2022-09-12T14:57:28-03:0012 setembro, 2022|Gestão de Pessoas|

Ter um propósito no trabalho pode ser um fator relevante na entrega de resultados. Entenda mais sobre isso nesse artigo.

Você tem um propósito na vida? Alguns especialistas dizem que ter um propósito na vida permite que as pessoas passem com mais serenidade pelas adversidades. Podemos dizer que esse propósito funciona como um energético, que recarrega a vontade de viver, sempre que surge um obstáculo.

Certamente, esse propósito é maior que simplesmente viver. E é ele que leva as pessoas a alcançarem objetivos ousados, em suas conquistas pessoais.

Baseado nisso, especialistas afirmam, que dentro das organizações, ter um propósito no trabalho, é capaz de levar os profissionais a alcançarem resultados exponenciais. É como se o propósito no trabalho agisse como na vida pessoal: incentivando o profissional a não desistir, a vencer os obstáculos e encontrar uma solução para os problemas.

Mas será que de fato, ter um propósito no trabalho faz diferença na vida profissional do seu colaborador? E se a resposta for sim, o que de fato é ter um propósito no trabalho?

No artigo de hoje vamos falar sobre a importância do seu time trabalhar com um propósito e de que forma o setor de recursos humanos pode contribuir para isso.

Quer entender melhor? Acompanhe com a gente!

O que é um propósito afinal?

De acordo com o dicionário, propósito é um objetivo, um alvo a ser seguido. E, certamente, a resposta para essa pergunta vai depender do contexto. Mas aqui, como estamos falando a respeito do trabalho e das relações decorrentes desse trabalho, nosso contexto será esse.

Olhando para o passado (não tão distante assim), o propósito do trabalho era ele mesmo. As pessoas não pensavam que pudessem se realizar ou até serem felizes naquilo que faziam para garantir o sustento. Aliás, o trabalho era exatamente isso: uma fonte de sustento.

Dessa forma, pouco importava se esse trabalho era agradável ou se a empresa tinha um bom clima organizacional. Sobretudo, o trabalho era para ser tolerado. Era simplesmente uma forma de garantir o pagamento das contas no final do mês.

No entanto, assim como as relações de trabalho passaram por profundas transformações, a forma como as pessoas veem esse trabalho, também se transformou.

Os profissionais de hoje buscam realização no trabalho. Para que isso seja possível, esse trabalho precisa estar alinhado a seus valores e princípios e garantir um senso de pertencimento desse profissional com a empresa.

Por outro lado, para as empresas, um propósito é o objetivo máximo da organização. E em geral, esse propósito organizacional está ligado a missão da empresa. A missão por sua vez, se desenvolve a partir dos valores e princípios que permeiam o negócio.

Dessa forma, podemos afirmar que, para ter satisfação no trabalho, o profissional precisa que seus propósito de vida esteja alinhado ao propósito da organização.

Como desenvolver o propósito da empresa?

Portanto, é aqui que tudo começa: no propósito da empresa.

Sendo assim, o primeiro passo é que o setor de recursos humanos tente entender quais são os valores da empresa e, dessa forma, trace sua missão.

Essa missão será o propósito da marca, seu objetivo máximo. Só para exemplificar, aqui na SER, nossa missão é construir junto com os clientes, soluções de alto impacto em gestão estratégica de pessoas. Com isso, buscamos impactar a relação da empresa com seus colaboradores, transformando seus talentos em profissionais de alta performance.

A partir dessa missão, nossos valores são transparência, flexibilidade, mobilidade e atendimento high touch. Esses valores irão nortear nossas ações em busca do cumprimento da nossa missão. Consequentemente, essa missão e nossos valores conduzirão nossa equipe ao nosso propósito no trabalho: transformar talentos em pessoas vitoriosas.

Sendo assim, após traçar a missão da empresa, é hora de planejar a comunicação para divulgação dessa missão. Essa comunicação precisa ser estratégica e disseminar de forma clara a missão e os valores da organização.

Lembre-se: essa comunicação precisa ser interna e externa.

É muito importante que o setor de recursos humanos, juntamente com o setor de marketing, desenvolva essas ações de forma assertiva e eficiente. Sendo assim, a comunicação interna, através de ações de endomarketing, será usada para fortalecer o vínculo com seus colaboradores, criando o senso de pertencimento.

Atraindo os talentos certos

Por outro lado, a comunicação externa faz parte das ações de employer branding, e servirão para mostrar ao mercado quem é sua empresa e o que a move.

Essa também é uma ação que exige cuidado na escolha dos canais e das formas adequadas de comunicar seu propósito. Afinal, essa comunicação será de grande relevância em seus processos de atração de talentos.

Lembra que falamos que a relação dos profissionais com o trabalho mudou? Esses profissionais, ao se inscreverem em um processo de recrutamento, querem saber quem é sua empresa e qual sua missão. Eles estão avaliando muito mais que o escopo de trabalho, a remuneração oferecida ou o programa de benefícios.

Os talentos mais promissores buscam um trabalho que faça sentido para eles e para o mundo.

Dessa forma, uma comunicação eficiente, permitirá que seu funil de recrutamento, atraia os talentos que possuem propósitos semelhantes ao do seu negócio. Esse match é o primeiro passo para garantir não só a atração adequada, quanto a retenção e desenvolvimento de seus talentos.

A importância da liderança

Aqui, a liderança tem um papel primordial na construção e disseminação do propósito organizacional. É papel da liderança conectar seus talentos a esse propósito e inspirá-los a se desenvolverem rumo a missão da empresa.

Para isso, a própria liderança precisa estar conectada a esse propósito e confiar na organização. Afinal, de que outra forma ela poderia envolver seus liderados na construção de um ambiente transformador?

A criação de um vínculo de confiança entre empresa e colaboradores, passa pela atuação inspiradora e empática da liderança. Dessa forma, garanta que seus líderes tenham profundo conhecimento do propósito da empresa e estejam preparados para conduzir seus talentos rumo a esse propósito.

Concluindo

As vantagens de ter um propósito no trabalho, passam pela superação de problemas, construção de vínculos de confiança entre os pares, engajamento e produtividade do time.

Quando um time trabalha com um propósito, o foco é encontrar soluções inovadoras e não parar diante dos obstáculos.

Portanto, se sua empresa busca sucesso naquilo que faz, oferecer um propósito no trabalho para o time é o primeiro passo.

Quer saber mais sobre isso e sobre outras novidades da gestão de pessoas? Assine nossa newsletter. Toda semana, tem conteúdos novos, diretamente em sua caixa de e-mails.

E se você, assim como a SER, quer transformar seus talentos em profissionais de alta performance, entre em contato conosco e conheça nossas soluções para o RH da sua empresa.

Compartilhar este Artigo

Deixar um comentário

Ir ao Topo