Afinal, o que são e qual a importância das relações humanas no trabalho?

2022-05-12T09:36:12-03:0022 abril, 2020|Talent Management|

Sua empresa é feita de pessoas, não é mesmo? Entenda, portanto, a importância e como melhorar as relações humanas no trabalho.

Toda empresa é formada por pessoas. E, embora o objetivo de cada empresa se diferencie de uma para a outra, em todas elas, serão as pessoas que materializarão esses objetivos.

Dessa forma, essas pessoas precisam se relacionar dentro do espaço corporativo, para que suas atividades sejam realizadas com sucesso.

Podemos dizer que interação no ambiente organizacional são estabelecidas tanto relações verticais — como entre gestores e times de colaboradores — quanto horizontais, o que significa que os profissionais de uma mesma equipe precisam se comunicar para realizar as tarefas em conjunto.

Assim sendo, é interessante observar que as relações podem ocorrer de diversas formas dentro de uma mesma empresa. E mais que isso, a maneira como elas acontecem, influencia diretamente a produtividade dos colaboradores, o clima da empresa e, inclusive, o bem-estar dos indivíduos no espaço corporativo.

Portanto, é essencial ficar atento às relações humanas no trabalho para garantir que as atividades sejam realizadas da melhor forma possível. E esse cuidado com o ambiente organizacional, buscando interações que sejam construtivas, é uma das atuações do setor de recursos humanos.

Cabe a esse setor entender de que forma as relações são construídas e intervir de maneira assertiva, para a construção de uma cultura organizacional de acolhimento, colaboração e produtividade.

Quer saber como fazer isso? Entenda mais sobre como promover relações positivas no ambiente organizacional!

Encoraje o autoconhecimento

Quando falamos em relações humanas, dentro ou fora do ambiente da empresa, o autoconhecimento surge como um fator bastante relevante. Isso porque, para que duas pessoas criem uma relação positiva, é essencial que elas conheçam muito bem a si mesmas.

Quando um colaborador se conhece, ele entende seus principais padrões comportamentais, a forma como reage diante de um conflito, bem como as suas potencialidades e limitações. Ou seja, o autoconhecimento é como o sujeito se entende e entende como ele funciona.

Dessa forma, ele é capaz de utilizar isso para estabelecer relações saudáveis com os colegas de trabalho.

O autoconhecimento também ajuda o colaborador a ser mais compreensivo com as limitações dos colegas. Afinal, quando ele percebe que tem defeitos e qualidades, é capaz de aceitar essas características nas pessoas ao seu redor, o que favorece as relações humanas positivas.

Portanto, encoraje seus colaboradores a buscar o autoconhecimento, seja através de psicoterapia ou de atividades de autorreflexão. Com certeza isso tornará o ambiente organizacional mais empático e colaborativo.

Desenvolva a inteligência emocional

Outro elemento importante quando se fala em relações humanas no trabalho é a inteligência emocional. O conceito de inteligência, muito ligado ao desenvolvimento cognitivo, está relacionado com as habilidades que o sujeito desenvolve para resolver problemas relacionados à vida e ao trabalho.

Essa competência se refere principalmente à capacidade que uma pessoa tem de identificar e controlar as próprias emoções, mesmo em situações adversas. Também representa o potencial para identificar as emoções das pessoas ao redor e ser empático com elas.

Dessa forma, quando os colaboradores têm uma inteligência emocional bem desenvolvida, são capazes de controlar as próprias emoções diante de altos níveis de estresse e sobrecarga, ou em conflitos com gestores e colegas.

A inteligência emocional também permite que essas pessoas desenvolvam a capacidade de ajudar as pessoas ao redor a trabalhar as próprias emoções, emitindo comportamentos adequados ao ambiente laboral, mesmo diante de sentimentos negativos.

Em suma, podemos dizer que inteligência emocional é a capacidade que a pessoa tem de se relacionar consigo e com suas emoções, através de suas habilidades pessoais. Ao mesmo tempo em que administra sua relação com o outro, através de suas habilidades sociais.

Portanto, invista em uma capacitação nesse aspecto para o seu time. Com isso, as relações ganham qualidade, uma vez que os profissionais evitam que elas controlem os seus comportamentos.

Crie uma cultura de feedback

Traduzida, a palavra feedback significa retorno. E geralmente é usada quando queremos uma avaliação ou comentário de um determinado processo ou acontecimento. Ou seja, no meio corporativo, o feedback é uma ferramenta que possibilita o compartilhamento de opiniões e com isso, a troca de experiências.

Imagine que um colaborador realizou um trabalho e, durante a revisão, o gestor identificou uma série de erros. Ou, talvez, um profissional percebeu uma postura antiética ou inadequada do seu próprio líder. Qual seria a melhor forma de lidar com essas situações para preservar as boas relações humanas no meio corporativo?

A resposta para essa pergunta gira em torno do conceito de feedback. Para isso, é preciso que a equipe desenvolva um conjunto de técnicas que permitirão que um profissional dê um retorno sobre a qualidade do trabalho ou dos comportamentos de um colega, líder ou membro do time.

Quando você incentiva uma cultura de feedback dentro da empresa, favorece esse retorno de forma adequada, focando no comportamento e no resultado. Além disso, faz com que as pessoas fiquem mais abertas para dar e receber feedbacks na empresa, naturalizando esse tipo de retorno e buscando formas de melhorar diante de um feedback negativo.

Com isso, em vez de conflitos, você gera estímulos para que os profissionais continuem se desenvolvendo e crescendo juntos dentro da empresa.

Melhore os canais de comunicação

As boas relações humanas no trabalho dependem, diretamente, de uma comunicação aberta e transparente. Isso porque, quando todos são capazes de transmitir informações, são estabelecidas relações de confiança entre os membros do time. Isso garante que cada um possa transmitir ideias e ter acesso a dados sobre a empresa, de forma livre.

Portanto, melhorar os canais de comunicação interna é essencial. Para isso, você pode começar entendendo quais são os melhores canais de acordo com a cultura da empresa e o perfil dos colaboradores. Isso porque existem profissionais que preferem se comunicar por e-mail, enquanto outros aderem melhor a meios de comunicação mais instantâneos, como aplicativos de mensagens.

Sendo assim, o setor de recursos humanos precisa conhecer cada área de trabalho e adaptar os canais existentes, de forma que a comunicação interna alcance públicos diferentes.

Dessa forma, a partir dessa análise, invista em um canal que seja eficiente para a empresa. Você pode testar alguns com os colaboradores e coletar feedbacks periodicamente, de modo a identificar qual canal se mostra mais eficaz.

Invista na diversidade dentro da empresa

As relações humanas são favorecidas quando há trocas entre pessoas diferentes, principalmente porque a diversidade enriquece o compartilhamento de ideias entre os colaboradores.

Essas trocas também favorecem a empatia, uma vez que os profissionais passam a ter contato direto com experiências distintas das que viveram ao longo da vida, o que abre portas para que todos sejam capazes de se colocar no lugar do outro com facilidade.

Portanto, quando você investe na diversidade dentro da empresa, também contribui para a melhoria das relações humanas dentro do negócio. Você permite mais trocas entre os colaboradores, tanto de competências técnicas e comportamentais quanto em relação a experiências de carreira e de vida.

Além disso, você é capaz de ensinar os colaboradores a conviver e respeitar as diferenças, dentro e fora do ambiente da empresa. Isso faz com que eles se desenvolvam enquanto indivíduos, aprendendo como estabelecer relações positivas mesmo estando entre grupos totalmente diferentes.

ebook software para gestão de pessoas

Desenvolva seus líderes

O papel da liderança na construção das relações humanas dentro da organização é primordial. Líderes inspiradores conduzem a equipe a relações colaborativas e de crescimento mútuo. Em contrapartida, uma liderança mal preparada pode desmotivar a equipe e propiciar um ambiente de conflitos e até confrontos.

Portanto, uma excelente forma de investir em relações humanizadas na empresa é desenvolver a liderança para isso.

Dessa forma, prepare sua liderança para gerir pessoas de forma humanizada e empática. Dê a eles apoio e oportunidades de desenvolver novas habilidades como inteligência emocional, comunicação não violenta e capacidade de negociação e gestão de conflitos.

Em suma, uma liderança bem-preparada se torna agente de transformação da equipe. Líderes transformacionais se preocupam com resultados, sem deixar de lado a preocupação com o bem-estar e desenvolvimento da equipe. Sua energia, altruísmo e positividade acabam influenciando seus liderados e construindo vínculos de confiança entre eles, favorecendo com isso a construção de relações humanas mais saudáveis.

Concluindo

A sua empresa, independentemente da área de atuação, é formada por pessoas. Dessa forma, é essencial que você invista na criação de relações humanas positivas entre os colaboradores. Comunicação fluida, feedbacks de qualidade, respeito às diferenças e controle das emoções são fatores básicos.

Essas são ações que além de estabelecer boas relações entre seus colaboradores, favorece o employer branding, fortalece o vínculo de confiança entre empresa e colaboradores e aumenta os níveis de satisfação, melhorando o clima organizacional.

Portanto, siga as nossas dicas e favoreça um bom relacionamento entre os profissionais que compõem a sua empresa.

Uma das formas de analisar as relações humanas no trabalho é por meio de uma pesquisa de clima. Para entender melhor sobre isso, leia esse artigo aqui, e descubra como implementá-la na sua empresa!

E se você quiser começar hoje mesmo uma pesquisa de clima, ou preparar um plano de desenvolvimento de habilidades para sua equipe, venha conhecer a SER. Com mais de 25 anos de experiência no desenvolvimento de soluções para a gestão estratégica de pessoas, a SER tem a solução ideal para o desenvolvimento do seu RH.

E se você quer saber mais sobre gestão estratégica de pessoas, não deixe de assinar nossa newsletter. Toda semana tem conteúdos novinhos, direto na sua caixa de e-mails.

Compartilhar este Artigo

3 Comentários

  1. […] é mais primordial para o sucesso dos negócios que as relações humanas. Conhecer sua equipe, entender seus pontos fortes e pontos de melhoria, facilitará a avaliação […]

  2. […] Fazer uma lista com as tarefas diárias que o profissional deve […]

  3. […] Fazer uma lista com as tarefas diárias que o profissional deve […]

Deixar um comentário

Ir ao Topo