Como é feita a avaliação de desempenho nas melhores empresas?

2022-03-14T09:40:31-03:006 fevereiro, 2018|Gestão de Desempenho|

Entender como funciona a avaliação de desempenho é muito importante para que sua aplicação seja efetiva. Acompanhe com a gente esse artigo que explica como ela é feita nas empresas reconhecidas por executar uma gestão de pessoas eficiente.

Um bom desempenho dos funcionários é fundamental para o crescimento da empresa. Portanto, é importante estar sempre atento para que sua equipe cumpra prazos e realize suas funções adequadamente.

Nesse sentido, a escolha da ferramenta certa para acompanhamento do desempenho dos colaboradores é primordial na gestão de pessoas.

Assim sendo, a avaliação de desempenho é a solução mais adequada para não só medir o desempenho profissional dos colaboradores, como para subsidiar os planos de desenvolvimento deles. Ela permite verificar os conhecimentos técnicos do colaborador, sua postura profissional, dentre outros importantes aspectos.

Além dos métodos tradicionais de avaliação de desempenho, existem outros recursos que permitem acompanhar a performance de sua equipe. Fazer um acompanhamento adequado é muito importante para melhorar os resultados e garantir o sucesso.

Empresas que já alcançaram o sucesso sabem do peso que esse tipo de avaliação tem para a sua performance. Além de trazerem mais qualidade ao trabalho, as avaliações de desempenho fornecem uma resposta ao próprio colaborador sobre a sua evolução, contribuindo, assim, pela busca da sua própria realização profissional.

Portanto, para ajudá-lo nisso, reunimos, aqui, 5 dicas para avaliar o desempenho de seus funcionários do jeito que as melhores organizações utilizam esse recurso. Acompanhe o texto para saber como é feita a avaliação de desempenho nas empresas!

Por que avaliar?

Antes de entendermos como as empresas aplicam a avaliação de desempenho, é preciso entender a importância de avaliar a performance dos colaboradores.

É muito comum que o desempenho de cada colaborador seja de conhecimento de seu líder, já que este o acompanha nas entregas diárias. No entanto, muitas vezes essa informação acaba sendo subjetiva e fica restrita a essa relação entre colaborador e líder. O que acaba dificultando processos de desenvolvimento, promoções e bonificações, ou em outro extremo, o desligamento do colaborador improdutivo.

Por outro lado, a ausência de uma avaliação formal, imparcial e realizada sem vieses pessoais, impede que o gestor tenha subsídios para realizar um feedback eficiente com seu colaborador. Daí a importância de avaliar o desempenho dos colaboradores a partir de ferramentas próprias, que permitem a análise imparcial e coerente do desempenho de cada profissional.

Portanto, é seguro afirmar que a avaliação de desempenho é a ferramenta mais eficaz para não só medir e acompanhar a performance de cada colaborador, como também para nortear o setor de RH no planejamento de ações de treinamento e desenvolvimento profissional.

Entendido isso, seguimos então para as dicas práticas.

Faça entrevistas periódicas

Primeiramente, realizar entrevistas pode ser muito eficiente para analisar o rendimento de seus colaboradores durante determinado período. Além disso, dessas entrevistas podem partir orientações sobre novas ações ou sobre medidas que devem ser tomadas para maximizar o desempenho de sua equipe.

Esse contato regular pode facilitar a tarefa de avaliar um funcionário. Somente a partir das informações obtidas, será possível desenvolver sua equipe e incentivar cada funcionário.

É importante ressaltar que as organizações devem privilegiar, em seu ambiente de trabalho, uma comunicação direta, sem muitas interferências.

Embora ainda existam empresas que resistem à modernização e à abertura de sua cultura interna, hoje, mais do que nunca, é imprescindível estabelecer uma relação transparente com o capital humano, uma vez que a relação entre empregadores e colaboradores tem se tornado cada vez mais horizontalizada, caracterizando mais uma troca entre duas partes interessadas do que uma relação hierarquizada.

As vantagens associadas a esse tipo de cultura são inúmeras, dentre as quais podemos destacar o senso de responsabilidade, por exemplo.

Nesse sentido, a responsabilização do colaborador pelo próprio desempenho é a chave para o desenvolvimento constante e, por mais contraditório que possa parecer ao senso comum, isso só ocorre quando há mais autonomia para tomar decisões, arriscar e criar soluções.

Em suma, a liberdade começa na comunicação entre líderes e liderados, fazendo parte de todos os processos executados. Logo, quando pensamos em uma entrevista nesses moldes, fica mais fácil imaginar que o impacto é ainda mais positivo do que em enquadres muito formais, cuja gestão é mais tradicional.

guia avaliação de desempenho

Observe e conheça sua equipe

Nada é mais simples e eficaz do que observar sua equipe durante o trabalho. Com uma boa observação, fica fácil notar os pontos positivos e os problemas em relação ao desempenho. Assim sendo, lembre-se de anotar problemas de rendimento para discutir com os funcionários posteriormente.

Além disso, é importante também conhecer as habilidades e dificuldades de cada colaborador. Busque entender como cada um se organiza para cumprir suas tarefas e em que situações geralmente encontram problemas.

Conhecendo sua equipe, você é capaz de compreender o que deve ser mantido e o que precisa ser otimizado para melhorar o desempenho.

Assim como a capacidade de dialogar, citada no tópico anterior, a observação é uma habilidade que todo gestor precisa exercitar.

Isso mesmo! Observar uma equipe pelo viés da avaliação é uma atitude aprendida ao longo de sua prática. Trata-se de uma postura ativa e não meramente receptiva, na qual o colaborador é um objeto.

Solicite uma autoavaliação

Uma maneira de fazer os funcionários se sentirem como parte da avaliação é solicitar que eles analisem o próprio desempenho. Com isso, o colaborador passa a observar melhor seu lugar na empresa e a buscar maneiras de aprimorar seu rendimento.

Essa é uma tarefa de grande importância na avaliação de desempenho. A partir dessa autoavaliação, o feedback referente a avaliação feita pelo gestor tem um entendimento mais claro.

No entanto, é importante de verificar se a autoavaliação feita condiz com a observação que você realizou. Além disso, é importante oferecer feedback, apresentando os pontos positivos e negativos e propor novas soluções, caso seja necessário. E no caso de as avaliações serem diferentes, o feedback é o momento oportuno para que os pontos divergentes sejam esclarecidos.

Nota-se, aqui, o mesmo tipo de abordagem levantado desde o começo do texto, cuja característica principal é a transparência. É essa transparência que fortalecerá os vínculos de confiança entre colaborador e empresa, permitindo com isso que avaliação tenha credibilidade e gere resultados positivos.

Resultados diretos de uma gestão transparente

Para comprovar o sucesso de uma gestão transparente nos negócios, a revista on-line EXAME mostrou na matéria “As 150 melhores empresas para trabalhar jogam mais limpo” (lista obtida na revista VOCÊ/SA) os benefícios desse tipo de gestão.

André Fischer, que é professor da USP e consultor da Fundação Instituto de Administração (FIA), destacou, na mesma matéria, que empresas que escondem informações de seus colaboradores alimentam expectativas falsas em relação a promoções e possíveis aumentos, gerando uma relação de manipulação, que torna o time incerto sobre a sua capacidade e futuro.

Para fechar, nas palavras do coordenador do Instituto Brasileiro de Governança corporativa, Josmar Bignotto:

“A transparência gera confiança; que gera alinhamento; que gera compromisso — o que leva aos resultados.”

ebook avaliação de desempenho

Faça relatórios

Elabore relatórios que contenham dados sobre a atuação de cada funcionário, o andamento da equipe e dos projetos e o cumprimento de cronogramas. Acompanhar mais de perto é importante para identificar riscos ou problemas, o que permite fazer ajustes no desempenho da equipe.

Esse procedimento permite que o gestor tenha uma visão ampla do rendimento da equipe e do desenvolvimento das atividades. Além disso, permite verificar em que ponto ele deve intervir para melhorar a performance de seus colaboradores.

Aqui, a tecnologia tem um papel relevante, à medida que pode modernizar a execução desses relatórios, assim como o acesso a eles. A computação em nuvem, por exemplo, permite que atualizar esses relatórios em tempo real, de qualquer lugar, criando um fluxo contínuo de informações sobre os colaboradores.

Utilize ferramentas para gerenciar as tarefas

Por falar em tecnologia, precisamos citar as ferramentas de gerenciamento de tarefas. Essa pode ser uma maneira prática de estar sempre a par do que está acontecendo com seus funcionários. Esse tipo de ferramenta permite realizar um planejamento e monitorar as atividades de sua equipe.

Existem gerenciadores de tarefas on-line que permitem acompanhar o desempenho de seus funcionários mesmo a distância. O importante é estar sempre atualizado sobre sua equipe e colaborar com o desenvolvimento dela.

A modernização de processos, somada à uma gestão mais próxima do colaborador, na qual ele tem espaço para se expressar, criar soluções, inovar e autoavaliar-se, é uma tendência a levar em conta por empresas que priorizam a evolução de seu time de trabalho.

Concluindo

Após adquirir essa consciência sobre as novas tendências de modelos de gestão, a avaliação de desempenho se torna muito importante para a evolução pessoal dos colaboradores, assim como para a empresa alcançar os resultados que deseja.

Por isso, uma questão básica desse tipo de olhar para o público interno é a busca por metodologias, instrumentos e ferramentas que aproximem colaboradores e integrem equipes com os objetivos estratégicos.

No entanto, para que o setor de recursos humanos disponha de tempo para atuar de forma estratégica na gestão de pessoas, existe a necessidade de automatizar outros processos operacionais que demandam tempo da equipe.

Nesse sentido, a utilização de softwares de RH tem um efeito transformador na gestão de pessoas, na medida que otimiza os processos e facilita a interação do time com os colaboradores.

Quer oferecer uma experiência transformadora para seu RH? Conheça a SER HCM, uma ferramenta completa de gestão de pessoas, totalmente customizada ao perfil da sua empresa. Entre em contato conosco e receba mais detalhes dessa solução de gestão estratégica.

E se você gostou desse artigo, aproveite para assinar nossa Newsletter e receber conteúdos semelhantes, toda semana, diretamente em seu e-mail.

Por fim, que tal compartilhar este conteúdo sobre como é feita a avaliação de desempenho nas empresas na sua rede e multiplicar esse conhecimento por aí? Ajude outras pessoas que, como você, querem melhorar o desempenho de sua equipe!

Compartilhar este Artigo

Ir ao Topo