Gestão humanizada: entenda a importância dela para a empresa

2022-03-17T09:43:33-03:0017 março, 2022|Gestão de Pessoas|

Investir em uma gestão humanizada pode ser o diferencial que falta para sua empresa. Acompanhe com a gente esse artigo e entenda de que forma ela pode promover o crescimento do seu negócio.

Século XXI, mundo VUCA e todas as inúmeras mudanças que o mercado de trabalho enfrenta nos últimos anos. O que existe de comum em tudo isso? Acertou quem pensou em pessoas.

Afinal, são as pessoas que contribuem para a construção de um mercado de trabalho em constante transformação. E são elas que tornam o trabalho no século XXI, diferente de tudo que o mercado de trabalho já viu e conhece.

E por se tratar de pessoas, é preciso que esse mercado de trabalho e as empresas que dele fazem parte, se adaptem as mudanças e necessidades dos profissionais. A relação homem/máquina pode gerar resultados promissores para a organização. No entanto, sem o devido cuidado, pode promover perdas irrecuperáveis.

É preciso equilíbrio nessa relação.

Para isso, o setor de recursos humanos tem a responsabilidade de investir na gestão de pessoas, dessa forma, levando em consideração o que de mais valioso a organização possui: o capital intelectual e cognitivo. Com isso, a gestão de pessoas ganha o desafio de promover uma gestão humanizada, promovendo desenvolvimento humano e crescimento financeiro, sem perder de vista o cuidado com as pessoas.

Nesse artigo queremos falar do que é a gestão humanizada e de que forma o RH pode promovê-la dentro das organizações.

Acompanhe com a gente!

A relação homem x máquina

A tecnologia certamente, é um dos maiores trunfos do mercado de trabalho. Ao longo dos anos, diversas atividades operacionais deram lugar à tecnologia, tornando o trabalho mais automatizado e eficiente.

No entanto, a informatização de processos, apesar de trazer resultados promissores, não substitui a presença das pessoas dentro do espaço de trabalho. A emoção e cognição, continuam sendo primordial para que as relações de trabalho e até com clientes e stakeholders, seja um sucesso.

Logo, na relação homem x máquina, o potencial humano ainda é o elemento principal para promoção de crescimento nos negócios. O que nos leva a um ponto de discussão: como tornar o ambiente de trabalho mais propício a participação e crescimento das pessoas, em meio aos avanços da tecnologia?

A resposta é: promovendo uma gestão humanizada.

Foco nas pessoas

Falar de gestão humanizada pode parecer muito genérico ou superficial, quando se trata da complexidade que existe na gestão de pessoas. Afinal, é preciso entender que um processo feito por pessoas, não o torna humanizado.

O que de fato torna a gestão humanizada é quando o foco de atuação do RH está nas pessoas. Dessa forma, a cultura da empresa se desenvolve nesse sentido e torna o ambiente de trabalho acolhedor e promotor de crescimento profissional ao mesmo tempo.

A gestão humanizada é aquela que promove mudanças considerando o bem-estar das pessoas, compartilha informações de forma transparente e assertiva, valoriza o desenvolvimento humano e uma cultura organizacional ética e inovadora.

E como implantar uma gestão humanizada?

Fica claro então que em uma gestão humanizada, os processos são desenvolvidos pensando nas pessoas como centro de atuação do RH e a liderança é preparada para essa responsabilidade. Pensando nisso, separamos algumas dicas para promover uma cultura de valorização de pessoas e gestão humanizada em sua empresa.

1 – Utilize a tecnologia

Primeiramente, é interessante pensar que muitas vezes a própria tecnologia torna os processos robotizados e automáticos. O que é um grave erro e pode tornar a cultura organizacional rígida e impessoal. No entanto, a mesma tecnologia, utilizada de forma correta, proporciona tempo livre para interação, inovação e relações humanas mais calorosas.

Logo, podemos afirmar que a contratação de um bom software de RH, permitirá que sua equipe disponha de tempo para atuar de forma estratégica na gestão de pessoas, tornando a equipe mais próxima das pessoas e a gestão humanizada.

Para isso, invista na contratação de um software de RH que leve em consideração o respeito à cultura e identidade de sua empresa. Quando se trata de automatização de processos é muito importante que a tecnologia esteja a serviço da equipe e não o contrário.

Afinal, a ideia é otimizar os processos e não burocratizar o trabalho. Se novas burocracias são criadas, a equipe acaba desmotivada e muitas vezes estressada.

2 – Ofereça um espaço de escuta

Uma gestão humanizada começa na importância que a empresa dá as percepções de seus colaboradores. Nesse sentido, uma cultura de valorização do feedback cria nos colaboradores o sentimento de pertencimento, uma vez que sinaliza que a empresa se importa com a opinião deles.

Portanto, uma forma de estabelecer uma gestão humanizada é oferecendo um canal de escuta. Lembrando que é muito importante oferecer um espaço de feedback e um canal que seja sigiloso e anônimo, para eventuais denúncias e reclamações.

No entanto, não adianta escutar e não considerar! Se não houver retorno ou consideração por aquilo que foi apresentado, é bem possível que o efeito seja contrário e a equipe acabe desmotivada e desacreditada de mudanças e oportunidades.

O mais importante é que esse canal de escuta promova a aproximação entre o RH e os colaboradores e permitam que a comunicação organizacional sem ruídos.

3 – Invista no desenvolvimento da liderança

Um dos maiores promotores da gestão humanizada é a liderança. Afinal, são eles que estão em contato com a equipe no dia a dia. Dessa forma, uma excelente estratégia de implantação da gestão humanizada é preparando os líderes para escutar e acolher os colaboradores.

Assim sendo, invista em treinamentos, principalmente de habilidade de inteligência emocional, como negociação e empatia. Isso os tornará aptos a lidarem com situações de conflito e liderarem a equipe de forma mais humana.

4 – Ofereça benefícios aos colaboradores

Uma gestão humanizada busca entender as necessidades e expectativas dos colaboradores. Com isso, uma forma de implantar uma gestão humanizada é oferecendo remuneração compatível com o mercado e pacote de benefícios competitivos.

Claro que de nada adianta oferecer programas de desconto em viagens individuais, para quem tem cônjuge e filhos. Ou auxílio creche para quem não tem.

Uma gestão humanizada se preocupa em oferecer benefícios alinhados as necessidades de seus colaboradores e permite que esse pacote seja adaptado a realidade deles.

5 – Se preocupe com a saúde e bem-estar de seus colaboradores

Em janeiro de 2022, a síndrome de burnout foi classificada pela OMS como uma doença ocupacional. Isso demonstra o aumento do número de casos de adoecimentos em decorrência do trabalho.

Em uma gestão humanizada, a saúde e o bem-estar dos colaboradores precisa ser pauta constante de ações do RH. Dessa forma, é muito importante que os colaboradores sejam avaliados levando em consideração não somente seus indicadores de performance, como também sua qualidade de vida pessoal e no trabalho.

Uma excelente forma de investir na saúde mental e física dos colaboradores, além dos seguros saúde é oferecendo programas de cuidado psicológico e academia. Além disso, é muito importante estar atento aos colaboradores, de forma que mudanças na produtividade sejam avaliadas de forma humanizada e empática.

Mas afinal, qual o benefício disso?

É muito comum que as empresas foquem na satisfação do cliente externo. Com isso, muitas vezes, a relação com o cliente interno acaba prejudicada.

No entanto, com as mudanças do mercado, a percepção do cliente externo se volta para a marca empregadora e sua relação com seu patrimônio intelectual.

Sendo assim, não faz sentido o investimento no cliente externo, se os responsáveis pelo cumprimento de prazos e entrega de resultados são exatamente o público interno.

Investir em uma gestão humanizada propicia um ambiente de satisfação, cuidado e trabalho colaborativo. Colaboradores satisfeitos possuem alto índice de engajamento, produtividade e influência sobre novos colaboradores.

O resultado é uma empresa em constante crescimento, formada por equipes de alta performance e excelentes índices de retenção de talentos. Além da promoção de employer branding.

Ou seja, investir em uma gestão humanizada propicia resultados organizacionais e financeiros.

Concluindo

Por fim, podemos dizer com isso que a gestão humanizada envolve observação, aproximação e adaptação, para atender as demandas da organização e necessidade dos colaboradores.

Em suma, uma gestão humanizada cria nos colaboradores o sentimento de pertencimento à organização. Com isso, além de fomentar a satisfação com o trabalho, estimula o engajamento e promove o aumento da produtividade.

Quer entender mais um pouquinho sobre isso? Corre aqui e dá uma olhadinha nesse e-book que preparamos para você, com excelentes dicas de gestão humanizada. Ah, e ele tem um bônus: uma super entrevista com nosso CEO, Sergio Falsarella, contando para você como é a gestão humanizada aqui na SER. Está imperdível!

E se você já quer investir em tecnologia, para começar a turbinar a gestão humanizada na sua empresa, entre em contato com a gente e conheça a SER HCM, uma ferramenta completa e totalmente customizada à necessidade do seu RH.

E não deixe de assinar nossa newsletter e ficar por dentro de todas as novidades que trazemos todas as semanas sobre gestão estratégica de pessoas. É o melhor conteúdo, diretamente em seu e-mail.

Compartilhar este Artigo

Deixar um comentário

Ir ao Topo